Segunda, 06 de julho de 2020, 14h07
A- |  A+

Ordem Pública / COMBATE À COVID-19

Fiscalização registra 135 denúncias em 7 dias de prorrogação do toque de recolher

Medida visa diminuir a circulação de pessoas na cidade e, com isso, evitar o contágio pelo novo coronavírus


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Entre os dias 29 de junho e 5 de julho, a Secretaria Municipal de Ordem Pública registrou 135 denúncias de descumprimento ao toque de recolher. No primeiro dia de prorrogação, na segunda-feira (29), houve apenas 7 denúncias. Na terça (30) subiu para 12; na quarta (1º) houve 16 chamados; na quinta (2) foram 10 ocorrências. O final de semana marcou o pico de denúncias, com 25 chamados na sexta-feira (3), quando começou a valer o toque de recolher a partir das 20h até às 5h da manhã. No sábado (4), houve 44 denúncias e 21 chamados foram registrados neste domingo (5).

Desde o início do toque de recolher, no dia 13 de junho, já houve chamados em 136 bairros da capital, que somam um total de 400 denúncias. 

Os bairros com mais incidentes são Pedra 90, com 16 registros; Tijucal com 12; Três Barras com 11; Morada da Serra e Parque Cuiabá, com 10 cada; Alvorada e 1º de Março, com nove denúncias cada; Parque Nova Esperança com oito; Osmar Cabral e Residencial Sucuri, com sete denúncias cada.

Com relação às faixas de horários, as ocorrências ocorreram em maior quantidade por volta das 23h, com 44% das denúncias. Na faixa de meia-noite, estão 20% das ocorrências; 16% ocorrem por volta das 22h; 10% na faixa de 1h; 6% na faixa de 2h, 3% em torno de 3h e 1h após as 4h. 

O toque de recolher faz parte da Operação Integrada de Prevenção a Covid-19.  As equipes são compostas por cerca de 60 pessoas  -  entre agentes de fiscalização da Secretaria de Ordem Pública, da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e policiais militares – que  percorrem todas as regiões da cidade, diariamente, entre 20h e 5h, atendendo às denúncias feitas pela população através do 190 e também agindo de ofício, ou seja, atuando em situações com as quais se depararam mesmo sem haver denúncia.

Conforme relatório da Secretaria de Ordem Pública, após o Decreto municipal nº 7.956, que estabeleceu o toque de recolher, verificou-se significativa redução de aglomeração de pessoas, tendo em vista que os estabelecimentos cumpriram com a determinação de restrição de horário, salvo raras exceções que foram devidamente notificadas.

Seguindo o novo Decreto nº 7.975, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro na quinta-feira (2), o toque de recolher passou a valer, desde sexta-feira (3), com um novo horário. Até o dia 20 de julho a restrição acontece a partir das 20h às 5h. 

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá