Quarta, 23 de março de 2011, 16h44
Prefeitura de Cuiabá entrega 196 casas dia 28-03

Joăo Carlos Queiroz/Secom/Cuiabá

Nesta segunda-feira (28-03), a Agência Municipal de Habitação inicia o processo de mudança das famílias residentes em áreas de risco da Capital, que serão remanejadas para 196 casas do Conjunto Habitacional Senador Jonas Pinheiro, localizado na região do Grande CPA (atrás do Centro Espírita Vantuil de Freitas). Os imóveis, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e lavanderia, foram doados às famílias beneficiadas com um projeto parceiro entre a Prefeitura e Ministério das Cidades, explicou hoje (23-03) o presidente da Agência, João Emanuel Ferreira Lima.

Ele explicou que os imóveis “foram construídos para abrigar as famílias que residiam às margens do Córrego Gumitá; lembrando que nenhum morador vai pagar pela sua nova casa, e acrescentou que “são casas excelentes, espaçosas (36 m2), erguidas numa área que assinala um progresso contínuo. O conjunto inteiro é estruturado, asfaltado, ainda que não seja fechado. Conta inclusive com água tratada e Estação de Tratamento de Esgoto. Também possui acesso fácil aos serviços comuns a qualquer comunidade formada", informou.

Ao todo, 12 caminhões (oito da Prefeitura e quatro do Estado) serão empregados na  mudança das famílias para o Conjunto Senador Jonas Pinheiro, adiantou Emanuel. O trabalho - que deve se estender durante a semana - começa nas primeiras horas da manhã do dia 28, nos bairros Centro América, Novo Mato Grosso, Vila Rosa, Planalto e Tancredo Neves. Emanuel observa que esta é uma doação de alto alcance social, pois o objetivo da Prefeitura é proporcionar segurança e maior qualidade de vida às pessoas. "Trabalho que, aliás, não para, tem continuidade na atual administração do prefeito Chico Galindo".

Ele garantiu que as antigas casas (às margens do Gumitá) serão destruídas por tratores no ato da mudança dos seus ocupantes. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por sua vez, está encarregada de monitorar a área para evitar que os antigos moradores voltem a ocupá-la, conforme já sucedeu. "Vamos isolar essas áreas, fiscalizando-as diuturnamente. O importante é garantir que nenhum morador retorne e reconstrua outra moradia em local de risco", garantiu ele.


Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Visite o website: https://www.cuiaba.mt.gov.br/