Educação / ESCOLA QUE PROTEGE

17 de Outubro de 2023 16h49

Ação integrada orienta estudantes, profissionais e famílias na identificação, prevenção e combate à violência

17/10/2023

MARIA BARBANT

Jorge Pinho

Estudantes e profissionais da Escola Municipal de Educação Básica do Campo (EMEBC) Prof.ª Udeney Gonçalves de Amorim, localizada no Distrito de Aguaçu, participam de uma ação integrada, denominada “Escola que Protege”, de prevenção às violências contra crianças e adolescentes.

A ação, promovida pela Rede de Proteção, reúne instituições parceiras e será estendida a outras unidades educacionais. “Por meio de um Plano de Ação Integrada da Rede de Proteção, juntamente com instituições parceiras, iremos apoiar unidades educacionais, fortalecendo o trabalho intersetorial na prevenção e orientação da comunidade escolar contra a violência para com os estudantes”, disse a secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado.

Segundo a diretora Carolina Lemes dos Santos, a EMEBC Profª. Udeny Gonçalves de Amorim atende aproximadamente 228 estudantes da Educação Infantil (Pré-Escola) ao Ensino Fundamental (9º Ano). “É importante envolvermos a comunidade escolar nas ações de orientação e combate à violência, como o Programa Sem Plateia Não Tem Bullying e o Plano de Ação Escola que Protege, para que possamos evitar as violências que causam prejuízos emocionais nas relações diárias e na defasagem no ensino aprendizagem”, salientou.

Programação

Nesta terça-feira (17) as ações foram voltadas aos profissionais da unidade. Os atendimentos envolveram acolhimento, orientações e atendimentos por Assistente Social, Psicóloga, Enfermeira e Terapeutas, oferecendo serviços de Auriculoterapia, Massoterapia e outros.

No dia 20/10, integrantes do Projeto Anjo da Guarda farão palestras sobre drogas, bullying, internet e outros. No dia 24/10 a palestra será ministrada por técnicos da Secretaria da Mulher sobre violência doméstica, assédio, respeito e valorização feminina. No dia 27/10 a Secretaria de Assistência Social promove palestra sobre saúde, higiene e sexo precoce. 

No mês de novembro, no dia 7, a Promotoria Pública do Trabalho promoverá palestra sobre o combate ao trabalho infantil e profissionalização de adolescentes. No dia 14, será a vez do 3º Conselho Tutelar, abordando os conflitos, violência e as atribuições dos CT e no dia 24, psicólogas falarão sobre ansiedade, responsabilidade, autoestima e amizade.