Terça, 19 de outubro de 2010, 10h00
A- |  A+

Saúde

Saúde estrutura Rede de Atenção Integral de combate à violência


Visando proporcionar à população da Capital maior agilidade e eficácia na prevenção, atenção e proteção às situações de violência, especialmente a sexual e doméstica, a Secretaria de Saúde de Cuiabá (SMS) está articulando a estruturação de uma Rede de Atenção Integral à crianças, adolescentes, mulheres e pessoas idosas em situação ou risco para a violência, em parceria com vários setores e instituições governamentais e não governamentais.

Segundo a Gerente de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis, Josiane Maximiano, essa rede vai facilitar o atendimento às vítimas de violência. “Os serviços realizados em rede integrada farão com que as demandas de violência sejam solucionadas com rapidez e eficiência”, comentou a gerente.

Os tipos de violência que mais atingem as populações de crianças, adolescentes, mulheres e pessoas idosas são violência sexual contra crianças e adolescentes; abuso e violência física; negligência e abandono; tanto contra a mulher, quanto patrimonial e financeira.

A gerente explica que no caso de violência sexual a pessoa deve seguir a seguinte orientação: “Em Cuiabá a pessoa deve procurar imediatamente o  Programa de Atendimento às Vítimas de Violência, que funciona no Hospital Julio Mulher, situado à rua Philipe Pereira Leite, s/n  Bairro Alvorada, telefone 65-3615-
7238”, completou.

NOTIFICAÇÃO

 

Atualmente a Secretaria de Saúde de Cuiabá (SMS) realiza o trabalho de notificação de vítimas de violência. Todos os Centro de Saúde, Policlínicas e Programa de Saúde da Família possuem fichas para notificar as vítimas de violência doméstica e sexual, entre outras.

O serviço tem como objetivo diagnosticar os tipos de violências e traçar um perfil dos vitimados. “Quantificamos e traçamos o perfil das vítimas para depois trabalharmos na orientação de como resolver o problema,” falou a Gerente de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis, Josiane Maximiano.

Outro tipo de notificação que existe é o de vítimas de violência no trânsito, que dão entrada no Pronto Socorro de Cuiabá (HPSMC). Essas notificações, no entanto, são realizadas pontualmente no ano.

Todas as notificações, sejam pontuais ou anuais, são enviadas ao Ministério da Saúde, que contabiliza todos os dados para posteriormente traçar ações de combate a qualquer tipo de violência.

 

Mais informações:
Contato: 65-99828436 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá