Segunda, 04 de julho de 2011, 11h13
A- |  A+

Saúde

Oferta de exames de mamografia é maior que a procura em Cuiabá


Mesmo com os altos índices de mortalidade em consequência do câncer de mama, em Cuiabá, a procura pelo exame de mamografia que é útil para detectar a doença em fase inicial, podendo permitir a descoberta de alguns tipos de câncer antes do paciente ou até mesmo antes do médico poder sentir um nódulo, é menor que a expectativa de atendimento preconizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). No primeiro trimestre de 2011, nove mulheres morreram em consequência da doença.

A Central de Regulação da SMS oferta aproximadamente 20 mil exames/ano para o município de Cuiabá. Entretanto, no ano de 2010 apenas 13.385 exames foram realizados, ou seja, pouco mais de 66% dos ofertados. Em 2009, esse índice foi de 53%, com 10.651 exames realizados.
A falta de compromisso em realizar o exame é do próprio paciente, conforme explicou a coordenadora do Programa da Saúde da Mulher, da Atenção Básica, Franciele de Moraes.

“A mulher deve ficar atenta e levar a sério o pedido do médico. Após 40 anos de idade é um exame de rotina. Antes dessa idade, o pedido do médico é justificado devido a alguma alteração na mama. Por isso tem que ser levado a sério. Quanto mais cedo diagnosticado o câncer, maior a chance de cura”, destacou a coordenadora. Após consulta com especialista, o pedido do médico para realização da mamografia é encaminhado para a Central De Regulação, que imediatamente faz a marcação, destacando que não há espera para esse exame.

As Clínicas de Radiologia Medclin, Hospital Universitário Júlio Muller, Hospital Geral Universitário e Afip possuem mamógrafos e são contratados pela SMS para realizar os exames pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com dados divulgados pela FEMAMA – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, apenas no Brasil, 30 mulheres morrem por dia em decorrência da doença. No mundo, uma mulher morre a cada 68 segundos por conta desta neoplasia.
Tem que se tocar
O auto-exame é um mecanismo de acompanhamento das mamas, de extrema importância,  realizado pela própria mulher, que apalpando a região pode verificar qualquer alteração ou nódulo. Toda mulher acima de 40 anos deve submeter-se à mamografia a cada 1 ou 2 anos, por isso a importância e a necessidade de consultas anuais ao ginecologista.


Maiores informações:
3617-7379

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá