Sexta, 23 de janeiro de 2015, 19h22
A- |  A+

Mobilidade Urbana / Reajuste

Tarifa no transporte coletivo de Cuiabá passa a R$ 3,10 na segunda-feira


Secretaria de Governo e Comunicação de Cuiabá

O prefeito Mauro Mendes assinou na tarde desta sexta-feira (23), o decreto reajustando a tarifa no transporte coletivo de Cuiabá. A partir da zero hora de segunda-feira (25), o valor da tarifa na capital mato-grossense passará a custar R$ 3,10. O decreto cria também uma comissão para estudar a possibilidade de uma nova concorrência pública no sistema de transportes e outra para implantar o Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

 O prefeito confirmou o valor aprovado pelo Conselho Municipal de Transportes na reunião realizada na sexta-feira da semana que passou, dia 16. Desde a posse do prefeito Mauro Mendes, em 1º de janeiro de 2013, até hoje, a inflação acumulada chega a 19,57%,  e o valor nos reajustes da tarifa é de 6,36 por cento. O prefeito assumiu com uma tarifa de R$ 2,95 e reduziu duas vezes esse valor no ano passado.

Thiago França destacou também que o prefeito Mauro Mendes foi o único até agora na História de Cuiabá que pediu a realização de uma auditoria na planilha de custo do transporte coletivo. Essa auditoria, além de técnicos da prefeitura, contou com a participação de órgãos como o Ministério Público e Câmara Municipal.

O decreto assinado pelo prefeito, além do reajuste na tarifa, cria duas comissões. A primeira é  composta por representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana, Instituto de Planejamento e Desenvolvimento e da Procuradoria Geral do Município . Ela terá 180 dias de prazo para entregar um estudo de viabilidade técnica e jurídica para fazer uma nova licitação  mediante concorrência pública para melhoria o serviço de transportes coletivos na capital. A última concessão foi feita em 2004, cujo prazo de vencimento era em 2012, mas foi prorrogada até junho de 2019.

A outra comissão, também composta por representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana, Instituto de Planejamento e Desenvolvimento e da Procuradoria Geral do Município e ainda da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, terá a missão de elaborar o Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

Segundo o secretário de Mobilidade Urbana, Thiago França, a pretensa demora em assinar o decreto reajustando a tarifa, foi o fato do Mauro Mendes analisar com os técnicos da secretaria as planilhas de custos apresentadas pelas empresas.

Confira aqui a integra do Decreto.

 

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá