Terça, 14 de novembro de 2017, 13h54
A- |  A+

Governo / UNIVERSALIZAÇÃO

Plano de Investimento garantirá fornecimento de água durante 24h para 100% da Capital

O cronograma de atuação da Águas Cuiabá foi entregue nessa segunda-feira (13) para o prefeito Emanuel Pinheiro


Tchélo Figueiredo

Clique para ampliar

Cumprindo com a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, regulamentada pelo decreto municipal nº 6.315/2017, a empresa Águas Cuiabá, responsável pelos serviços de fornecimento de água e tratamento do esgotamento sanitário da Capital, entregou nessa segunda-feira (13) ao chefe do Executivo cuiabano, o plano emergencial de investimentos a serem realizados nos próximos 18 meses no quesito abastecimento e saneamento básico, dentro da cidade.

Segundo o cronograma de trabalho a ser cumprido pela empresa dentro deste prazo inicial, até os 300 anos de Cuiabá toda a cidade será abastecida com 100% de água tratada, durante 24 horas por dia. Além disso, o plano prevê um avanço significativo nas demandas relacionadas à coleta e tratamento de esgoto, dando um salto dos, atualmente, cerca 33% cidade atendida para mais de 60%. O acordado é que, nos próximos sete anos, a companhia universalize o saneamento básico do município.

“Estamos combatendo a intermitência, decretando tolerância zero à falta de água e, ao mesmo tempo, priorizando o saneamento básico, a preservação do meio ambiente e os interesses da população. A entrega desse cronograma irá garantir que consigamos colocar em prática aquilo que planejamos, que é assegurar que Cuiabá não fosse novamente lesada. Esse era o meu foco e sempre foi minha grande preocupação durante o período de negociação, onde pudemos avançar nas exigências e no que diz respeito aos investimentos necessários para a universalização da água e o avanço no tratamento do esgotamento sanitário”, disse Emanuel Pinheiro.

Conforme exigido pelo prefeito, a fim de salvaguardar o legitimo direito da população e evitar que Cuiabá tivesse o desenvolvimento desses serviços novamente prejudicados, a empresa teria que apresentar em até 100 dias, após o fim da intervenção na antiga concessionária, o planejamento para o investimento de R$ 204 milhões, assegurado pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre a Prefeitura de Cuiabá, a Águas Cuiabá e o Ministério Público Estadual (MPE).

Durante a apresentação do plano, o prefeito reforçou ainda a necessidade de que todas as intervenções da concessionária sejam realizadas em comum acordo com os direcionamentos da gestão do Município, mantendo contato direto, principalmente, com as secretarias de Obras Públicas e Mobilidade Urbana. Segundo Emanuel, essa forma sincronizada de atuação permitirá que, durante execução do grande plano de obras, os transtornos causados pelos trabalhos sejam minimizados para o cidadão cuiabano.

“Estamos com um plano de pavimentação, onde temos a meta ousada de executar 150 km de asfaltamento por ano. Isso significa que é necessário que a Secretaria de Obras conheça esse plano de investimento para evitar que venha asfaltar um determinado bairro e depois a Águas Cuiabá passe cortando todo esse asfalto, causando um prejuízo enorme para os moradores, para a Prefeitura e também para a própria empresa. E também que faça essa mesma articulação com a Semob e outras pastas necessárias, para que possamos causar o menor transtorno possível à população”, determinou o prefeito.

O presidente da Águas Cuiabá, Luiz Fernando Fabriani, destaca que a empresa conta com uma grande equipe de trabalho totalmente especializada, o que permitiu que em pouco meses os serviços progredisse consideravelmente. Segundo ele, desde que assumiu os trabalhos, a Águas Cuiabá tem conseguido avançar nas instalações de adutoras, de reservatórios contratados, e também nas obras de construção da nova ETA Ribeirão do Lipa, que resultará na melhoria da qualidade de fornecimento de água para a população de Cuiabá. O presidente reforçou também a importância da companhia e a Prefeitura atuarem em conjunto, fazendo tudo de forma coerente e de maneira satisfatória para os cuiabanos.

“Sabemos que é um grande desafio para esses 18 meses, onde vamos desenvolver todo esse trabalho para a melhoria do saneamento de Cuiabá. Todo nosso trabalho inicial está levando em consideração a primordialidade do fornecimento de água, para que consigamos atingir 24h por dia de água em todas as torneiras dos moradores e, na sequência, fazer uma melhoria bem consistente na coleta e tratamento do esgoto. O plano todo engloba sete anos, com um investimento de R$ 1,2 bilhão e isso deve resultar, nos primeiros dois anos em cerca de R$ 356 milhões de recursos aplicados nessas áreas”, comentou o presidente. 

O ato de entrega do plano de atuação contou com a presença do secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Juares Samaniego, da secretaria municipal de Gestão, Ozenira Felix, do presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Justino Malheiros, e do presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), Alexandre Bustamante, e demais representantes da entidade. 

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Galeria de Fotos:

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá