Sexta, 15 de fevereiro de 2013, 10h05
A- |  A+

Gestão

Prefeitura de Cuiabá bloqueia o salário de 169 servidores


Tchélo Figueiredo

Clique para ampliar

O prefeito Mauro Mendes determinou o bloqueio do salário de 169 servidores efetivos, que não receberão o vencimento do mês de fevereiro por não terem comparecido ao recadastramento realizado pela Prefeitura de Cuiabá desde 21 de janeiro.

No total, 1.563 servidores deveriam comparecer ao recadastramento até 1º de fevereiro. Destes, 1.394 realizaram o cadastro ou justificaram a ausência ao recadastramento por estarem de férias ou licença médica. Estes receberão normalmente os seus salários.

Em janeiro, o número de servidores que não compareceram à primeira fase do recadastramento foi de 52; eles já tiveram seus salários bloqueados naquele mês.

Segundo Mauro Mendes, o funcionário público que recebe sem trabalhar prejudica a sociedade de várias formas. “Além de significar um gasto para os cofres públicos – um gasto que não vai gerar nenhum resultado – esse servidor joga todo o serviço nas costas dos que de fato trabalham”, afirmou.

As secretarias com maior número de servidores ausentes no recadastramento foram a de Meio Ambiente, que somou 40 servidores sem recadastrar, e a de Esportes com 29. Todo o quadro de servidores das secretarias de Comunicação, Turismo, Gabinete do Prefeito e Ouvidoria já está recadastrado.

De acordo com a secretária municipal de Gestão, Adriana Barbosa, o recadastramento determinado pelo prefeito Mauro Mendes já permitiu a descoberta de alguns casos de servidores que estavam recebendo salários indevidamente. Cinco servidores que foram aposentados compulsoriamente por terem completado 70 anos, por exemplo, recebiam o salário e a aposentadoria ao mesmo tempo. Também surgiu a denúncia de uma servidora que estaria morando em outro país desde o ano de 2010 e, mesmo assim, recebia normalmente.

A Secretaria Municipal de Gestão encaminhará para cada secretário uma lista com os servidores que não justificaram a ausência no recadastramento. Quem teve o salário suspenso deverá recorrer ao secretário de sua pasta para revogar o bloqueio dos vencimentos. Esta medida, segundo Adriana Barbosa, é para certificar se o servidor que teve o salário suspenso está de fato trabalhando.

O recadastramento segue até o dia 15 de março apenas para servidores das secretarias de Educação e Saúde, nos setores de Recursos Humanos das respectivas pastas. 

Enviar Matéria Imprimir Voltar
Matéria(s) relacionada(s):
  • Prefeitura implanta ponto eletrônico para controlar assiduidade dos servidores

  • Prefeitura de Cuiabá concede reajuste salarial a servidores

  • Prefeitura de Cuiabá concede reajuste salarial a servidores

  • Servidores de Cuiabá já têm calendário de recebimento de salário de 2014

  • Edição do Cuiabá Fest no CPA é suspensa

  • Prefeitura de Cuiabá reinicia cadastro social dos moradores do Dr. Fábio 2

  • Servidores contratados deverão fazer o recadastramento

  • Prefeitura de Cuiabá bloqueia o salário de 169 servidores

  • Mauro Mendes determina pagamento de salário até o último dia útil do mês corrente

  • Recadastramento permite detectar problemas no quadro de servidores

  • Mauro Mendes veta lei que aumentava salário de prefeito

  • Prefeitura de Cuiabá vai recadastrar todos os servidores municipais

  • Mauro Mendes não vai aplicar aumento do IPTU aprovado no ano passado

  • Prefeitura de Cuiabá paga salário de contratados da educação nesta segunda-feira

  • Salários de novembro da prefeitura de Cuiabá estão disponíveis nesta quinta-feira

  • 4,5 mil famílias de Cuiabá precisam se recadastrar no CadÚnico

  • Prefeitura de Cuiabá paga os salários nesta sexta-feira

  • Professores de Cuiabá recebem o 2º melhor salário das capitais brasileiras

  • Prefeitura de Cuiabá paga 13º salário nesta sexta-feira, dia 16 de dezembro

  • Dia do Servidor Público - Prefeitura de Cuiabá pagou salário do mês de outubro nesta sexta-feira

  • CuiabáPrev paga metade do 13º dos aposentados e pensionistas no próximo dia 15

  • Aumento de pacientes oriundos de Várzea Grande prejudica o atendimento em Cuiabá

  • Prefeitura de Cuiabá anuncia pagamento do 13º salário nesta 5ª

  • Procurador do Município diz que decisão do TJ foi justa

  • Praça Alencastro, nº 158 - Centro

    CEP: 78005-906

    Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

    © 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá