A- |  A+

Comad chama atenção para o Dia Mundial contra o Tabaco


Especialistas da Organização Mundial da Saúde - OMS afirmam que até 1 bilhão de pessoas podem morrer neste século por causa do uso ou exposição ao tabaco. 
 
A Organização Mundial de Saúde publicou nas últimas semanas o relatório que acompanha o vício de cigarro em todo o mundo. De acordo com o diretor da "Iniciativa Livre de Tabaco da OMS", Douglas Bettcher, governos dos países em desenvolvimento devem tomar medidas mais severas para combater o fumo.  
 
O Conselho Municipal Anti Droga faz um alerta, neste dia 31 de maio, Dia Mundial Contra o Tabaco. Assim como o álcool, o cigarro também é uma droga que mata aos poucos, por isso deve ser evitada e pedem que matérias sobre as consequencias das drogas lícitas e ilícitas devem ser levadas para escolas, de forma curricular.  
 
Mortes evitáveis  
 

As taxas mais altas de doenças geradas pelo uso de tabaco estão sendo registradas nos países de rendas baixa, média e países em desenvolvimento. Há muitos anos a OMS chama atenção alertando que se tratam de mortes evitáveis.  
 
O médico otorrinolaringologista e livre docente da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Jayme Zlotnik confirma a realidade apresentada pela OMS. Segundo ele, o cigarro continua sendo problema de saúde pública e de fato é a maior causa evitável de doenças. "O cigarro é mortal e o número de pessoas que morrem com doenças relacionadas ao tabagismo é maior que AIDS, tuberculose ou até mesmo acidentes como incêndios. O vício ainda é a maior causa de doenças evitáveis em todo o planeta", explica o médico.  

Além de matar precocemente, os dados científicos têm apresentado informações importantes. "As pessoas que fumam não morrem vítimas apenas de câncer no pulmão, mas há uma série de doenças graves em volta de todo o vício. Quanto mais cedo as pessoas começarem a fumar, maior será o prejuízo e muito maiores serão os problemas pela frente", conta Zlotnik, apontando que o Brasil registra 200 mil mortes por ano por doenças associadas ao fumo. Diariamente são sete óbitos.  

 
"Hoje este problema preocupa o mundo todo principalmente porque o número de jovens que fumam está aumentando", destaca Zlotnik. No computo geral, o número de fumantes reduziu no País, conforme apontou o último senso realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010. "A autoafirmação é a principal justificativa para que os jovens, principalmente as meninas, comecem a fumar cada dia mais cedo. Além de influência de amigos, o cigarro acaba sendo um vestibular para drogas mais pesadas como o craque, a cocaína e a maconha. O resultado é a dependência e os prejuízos graves no futuro" alerta Jayme Zlotnik. 

Enviar Matéria Imprimir Voltar
Matéria(s) relacionada(s):
  • Prefeitura realiza ação "Viver com saúde é uma grande vitória" no Dia Mundial da Saúde

  • Começa hoje a campanha pelo Dia Mundial de Luta Contra Aids 2012

  • Segunda-feira, dia 30, será ponto facultativo nos órgãos da administração municipal

  • Valorizando Vidas no seu Bairro: Secretaria de Educação realiza oficinas no Coxipó do Ouro

  • Professores participam de curso em Educação Ambiental

  • Alunos de Cuiabá se apresentam em evento do Dia Mundial do Consumidor

  • Secretaria de Educação de Cuiabá empossa coordenadores de creches

  • Confraternização de funcionários da Secretaria de Educação leva alegria a alunos de creche municipal

  • SMS desenvolve ações alusivas ao Dia Mundial de Combate a Aids

  • Atleta mato-grossense consegue mais vitórias no Mundial de Natação

  • Nadador de MT vai à Austria participar dos Jogos Mundiais do Trabalhador

  • Saúde promove ações durante a semana do Dia Mundial das Hepatites Virais

  • Prefeito Galindo e 1ª Dama Norma Sueli enaltecem a importância do meio ambiente

  • Humanização do espaço escolar mobiliza alunos, professores e funcionários na Semana do Meio Ambiente

  • Unidade educacional realiza ações de humanização da escola

  • Comad chama atenção para o Dia Mundial contra o Tabaco

  • Evento marca Dia Mundial Sem Tabaco em Cuiabá

  • Abertas inscrições para palestras da Semana do Meio Ambiente

  • Prefeitura de Cuiabá busca aprimorar setores administrativo e financeiro

  • Bonilha afirma que apoio dos secretários estaduais às obras da Copa já acontece

  • Escolas do município recebem espetáculo circense

  • Prefeito assina Termo de Uso do Caminhão Feira do Peixe na 7ª Expopeq

  • Novos profissionais da Educação começam ciclo de formação

  • Caminhão Feira do Peixe será exposto na 7ª Expopeq

  • Maurélio Ribeiro deixa o comando da Saúde aplaudido por servidores

  • Crianças têm evento de educação ambiental no Dia Mundial da Água

  • Plantio de árvores abre a programação do Dia Mundial da Água

  • Abertas hoje as inscrições para o Profuncionário

  • SMAAF realiza evento em comemoração ao "Dia Mundial da Água"

  • Programa Nacional de Controle do Tabagismo será implantado em Cuiabá

  • Jader Moraes assume presidência do CMDCA

  • Desapropriações são necessárias para as obras de mobilidade urbana

  • Copa de 2014 trará investimentos de R$ 1,1 bilhão para Cuiabá

  • Cuiabá divulga novo levantamento de índice do Aedes

  • Carnaval 2011 é discutido em reunião na Prefeitura de Cuiabá

  • Mais quatro locais recebem decoração natalina em Cuiabá

  • Projeto piloto de combate a Dengue irá começar por Cuiabá

  • Evento sobre o ECA emociona e mobiliza entidades contra as drogas

  • Segurança na Copa 2014 é debatida no Palácio Alencastro

  • João Emanuel afirma que regularização fundiária é prioridade

  • Mulheres acima dos 40 anos devem ter acompanhamento ginecológico

  • Archimedes participa do Dia Mundial Sem Carro

  • Secretário profere palestra na Abertura do Seminário de Agentes da Rede

  • Prefeito se emociona com alcance social das obras

  • Praça Alencastro, nº 158 - Centro

    CEP: 78005-906

    Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

    © 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá