A- |  A+

Alunos de escolinha de futebol fazem plantio de mudas no Nova Esperança I


Secom Cuiabá

Alunos do projeto “Escolinha de Futebol – Luz do Futuro” realizaram neste sábado (01), o plantio simbólico de  60 mudas para reflorestamento no bairro Nova Esperança I, em Cuiabá.

A iniciativa marca a abertura das atividades desenvolvidas pela Associação de Moradores em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes, Cidadania e Juventude.Além do plantio, os alunos também receberam orientações sobre o andamento do projeto e as perspectivas para 2014.

A recreação contou com a participação de mais de 50 alunos e foi encerrada com uma partida de futebol. As mudas foram doadas pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Horto Florestal.

Edilvado Lima de Lara, um dos treinadores, esclarece que, além do incentivo à prática esportiva a escola também trabalha o convívio familiar, educação e a conscientização ambiental.“Antes de qualquer coisa pretendemos formar cidadãos com estrutura emocional e profissional. Tivemos casos de alunos que por conta de conflitos na família deixavam de ir à escola. Depois de incluí-los na escolinha, melhoram tanto em casa como na sala de aula”, afirmou o treinador.

Alguns dos garotos que integravam o projeto no bairro, atualmente estão em outras regiões do país buscando oportunidades no cenário esportivo. Entre eles João Vitor de 14 anos. O adolescente está jogando no Brasil Central e tem pré-contrato com o Fluminense.

Os principais envolvidos e incentivadores para que práticas como esta apresente bons resultados, são os pais. Eles acompanharam de perto a abertura das aulas hoje e assim como os filhos não escondem o entusiasmo. Este é o caso de Alice Fernanda da Silva.Ela é mãe de João Victor, de nove anos e de Willian, de 14 anos. Ele é deficiente auditivo e assim como o irmão participa do  “Luz do Futuro” há dois meses.

“Para mim é um orgulho muito grande vê-los crescer com segurança e poder interagir com os outros meninos, mesmo sendo especial o Willian é muito esperto e inteligente”, disse Alice.Marli André Franco comemora a mudança do filho, Alan, de 12 anos, que na maior parte do tempo ficava em frente à televisão.

“Hoje percebo ele mais próximo da gente e empolgado com o futebol. Eu apoio iniciativas como esta porque evitam que as crianças fiquem na rua e vulneráveis a marginalidade”. Do outro lado estão os que já sonham com uma carreira promissora, como Thalerson Tomaz, de 15 anos. Treinando há dois anos, ele conta que está buscando melhorar a cada dia, mas que ainda fica nervoso na presença de olheiros ou do público em geral.“Às vezes travo quando vou driblar e estou tentando ficar mais tranquilo, porque quero ser um jogador reconhecido e se Deus quiser vou conseguir”.

 

LUZ DO FUTURO - A escolinha funciona na localidade há três anos e atende crianças e adolescentes com idade entre 5 a 17 anos, gratuitamente. O projeto tem capacidade para atender mais de 150 crianças e adolescentes.

Os garotos participam dos treinamentos três vezes por semana e contam com o auxílio de dois orientadores. Para participar, eles dever frequentar a escola regularmente e ter boas notas. As aulas ocorrem as terça e quinta com turmas nos períodos matutino e vespertino e aos sábados das 7h às 10h.

De acordo com o presidente da Liga do Esporte do bairro Nova Esperança I, Luiz Mário Farias, este ano os alunos devem participar dos campeonatos, sub 12, sub 14 e Pixote realizado pela Prefeitura de Cuiabá. Outra novidade é que a escola irá montar a partir do mês de março times femininos com faixa estaria semelhante ao time masculino.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá