Quarta, 23 de março de 2011, 15h00
A- |  A+

Educação

Parceria promove acesso de alunos e professores do município a obras de arte


Foto: Jorge Pinho-SME

Clique para ampliar

A diversidade do ser humano e suas relações com a natureza é tema de uma exposição com 40 reproduções de grandes obras de artes selecionadas pela curadora Katia Canton, e estarão disponíveis para visitação a partir de hoje (23-03), no SESC Arsenal.

Canton é artista, PhD em Artes, Docente e curadora do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (USP).

Denominada “Um Olhar sobre a Natureza das Pessoas”, a mostra, promovida pela Elo3 Integração Empresarial, por meio projeto cultural “Museu Itinerante Rabobank”, traz telas de artistas como Van Gog, Cézanne, Monet e Tarsila do Amaral, além de dois representantes locais da expressão artística que também tratam a temática, Adão Domiciano e José Pereira.

Nas telas estão presentes representações de paisagens naturais e inabitadas, a natureza transformada pelas mãos do homem e alertas das ações danosas contra o meio ambiente, que foram trabalhadas ontem (22-03) em um workshop com professores da rede municipal de ensino da capital.

A formação foi realizada pela Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá (SME) em parceria com a empresa organizadora do evento. Durante encontro, os educadores receberam um guia com métodos de trabalhos em sala de aula por meio das obras que estão abertas à visitação até o dia 20 de abril.

Na avaliação do secretário municipal de educação, Permínio Pinto Filho, o Museu Itinerante é uma oportunidade ímpar para os professores e alunos da capital. “Promover uma educação de qualidade é um desafio constante pra nós e todos os nossos profissionais têm isso como meta. Toda a contribuição que recebemos para atingir esse objetivo é sempre muito bem vinda”, disse.

Ao dirigir-se às crianças da escola municipal Tereza Lobo, presentes ao evento, o secretário afirmou que, além de contemplar as obras expostas, os alunos terão a oportunidade de discutir e compreender o conteúdo de cada uma. “Prestem atenção no que vocês verem e ouvirem. Esse é mais um momento de junção de esforços para a formação escolar e do caráter de vocês”, concluiu.

Para o gerente do SESC Arsenal, Rafael Gorla, a exposição está em consonância com a filosofia da instituição, que trabalha em duas vertentes. Uma delas é a apresentação de obras e espetáculos artísticos e, a outra, a capacitação cultural por meio de diversas atividades promovidas no espaço. “Esse trabalho se enquadra perfeitamente nessa perspectiva e é muito bem vinda para nós”.

Na oportunidade, a representante do Rabobank, patrocinador do evento, Nathalia Monea, afirmou que um dos valores do banco, que atua há 110 anos no mercado, é a sustentabilidade. “Essa mostra se encaixa adequadamente com aquilo que o banco se propõe, que é o desenvolvimento responsável e sustentável”.

A democratização do acesso às principais obras de arte mundialmente famosas é, na avaliação da Elo3 Integração Empresarial, representada por Soraya Galgane, o aspecto mais relevante da exposição. “O evento é aberto a toda a comunidade, que poderá apreciar reproduções das obras dos artistas mais famosos do mundo em diversas localidades do país”.

Ela também agradeceu a parceria logística ao evento de algumas empresas locais e a divulgação e cobertura e dos meios de comunicação.

“Essas telas são histórias contadas por vários artistas sobre a natureza e que são questões importantes para todos nós. Esperamos que essas histórias fiquem na memória de vocês”, afirmou Kátia Canton ao falar aos estudantes na abertura da exposição.

Segundo a curadora, em arte não há apenas respostas ou interpretações das questões cotidianas, mas muito mais questionamentos, ao falar do refinamento da sensibilidade e da possibilidade proporcionada pela potencialidade artística latente em todas as pessoas. “Esse é o grande encantamento e força da arte. E na escola temos um espaço fundamental para acionarmos o botão da liberdade e da criação”, concluiu.

E é essa capacidade de captar e expressar sentimentos e coisas que, na apreensão da professora Magda Amaral, articuladora do Programa Escola de Tempo Integral, na escola Tereza Lobo, foi o que houve de mais interessante no workshop promovido pelo Museu Itinerante. “Acabamos descobrindo como somos insensíveis ao cotidiano. Não paramos para olhar ao nosso redor. Com o curso, nos questionamos sobre nossa própria natureza. Ou seja, como nos vemos. E vamos levar isso para a sala de aula para aguçar essa sensibilidade dos alunos”.

Os estudantes do município farão visitas agendadas à exposição, mediados por estudantes de universidades da capital, dos cursos de Artes, Pedagogia, Psicologia e História.  

 

Mais informações:
(65) 3645-6578

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá