Sexta, 29 de abril de 2011, 14h35
A- |  A+

Educação

Funcionários da educação participam de capacitação em informática


Foto: Jorge Pinho-SME

Clique para ampliar

Técnicos em Multimeios Didáticos da rede municipal de ensino participam esta semana (de 25 a 29-04) do primeiro módulo do Curso de Formação para Operacionalização dos Laboratórios de Informática das escolas da capital.

A qualificação é promovida pela Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá (SME) em parceria com o MEC, por meio do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo), e tem como objetivo promover o uso pedagógico da informática na rede pública de educação básica.

Para implementar a formação, cada estado e município possuem um Núcleo de Tecnologia que oferece suporte técnico, capacitação dos profissionais da educação, equipes administrativas além da avaliação do processo de informatização das escolas. Os municípios contam também com o apoio do UNDIME (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) para a promoção dessas ações.

Ao MEC cabe a aquisição das máquinas e dos softwares. A contrapartida dos estados e municípios é a execução das capacitações e demais atribuições dos Núcleos de Tecnologias.

Na capital, a formação será composta de seis módulos, em diversos pólos, que abordarão temas como operacionalização dos espaços nas escolas, softwares, elaboração de projetos e tecnologia da informação e comunicação.

Na avaliação do coordenador do Núcleo de Tecnologia Municipal de Cuiabá (NTM), Ângelo Valentin Lena, nos últimos anos, a escola passou a internalizar que a responsabilidade da utilização e apropriação desse equipamento é da própria unidade de ensino. “É uma ferramenta nova, mas nem por isso precisa de sujeitos esternos ao ambiente escolar para operá-la. Temos que superar a concepção de que a informática é apenas para os jovens e universalizar esse conhecimento”.

O coordenador resgata a história do ProInfo, quando ainda era um projeto que tinha como objetivo levar um aparelho de TV e vídeo cassete para as escolas. “Era uma meta simplória, apesar do custo. No entanto, nosso maior custo agora é quebrar o paradigma de que há alguns espaços que guardam o saber, como é a escola. A informática nos mostra que esses territórios exclusivos não existem mais”, concluiu.

É essa a postura que a TMD Lúcia Aparecida de Oliveira, da escola municipal Joana Dark da Silva, no Real Parque, pretende assumir com as aulas que tem freqüentado na capacitação. “O curso é muito bom, acessível. Não saímos com dúvidas daqui. Penso que posso aprender e, ao mesmo tempo, ajudar os alunos a adquirir conhecimento”.

Essa contribuição para a qualidade do ensino é também a meta da funcionária da escola São Sebastião, no bairro do mesmo nome, Carmem Lúcia Santana de Lima. “Essa capacitação está sendo importantíssima, pois, apesar de eu trabalhar com computador, há coisas simples que eu não sabia. Tudo isso acrescenta conhecimento e também contribui com os alunos”, analisou.

 

Mais informações:
(65) 3645-6578

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá