Segunda, 25 de abril de 2011, 12h58
A- |  A+

Educação

Ato público marca mobilização Criança Não é de Rua.


Foto: Jorge Pinho- SME/PMC

Clique para ampliar

Para chamar a atenção da sociedade e do poder público sobre as crianças e adolescentes que vivem nas ruas, o Fórum de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – Fórum DCA –, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente Cuiabá (CMDCA) e mais de 600 entidades governamentais e não-governamentais, realizaram na última quarta-feira (20-04), na Praça Alencastro, uma mobilização denominada Criança Não é de Rua.

A mobilização é um movimento permanente, que desde 2005 realiza seminários e debates sobre o fenômeno em todo o território nacional. O ato foi realizado simultaneamente em 21 municípios do país.

A mobilização teve início em 2007, no período da Semana Santa, em Fortaleza. No ano seguinte Recife também encapou o movimento e, desde 2009, é realizado em diversas cidades do Brasil.

Em Cuiabá, houve apresentações artísticas e culturais, além de oficinas e jogos. No encerramento do encontro, os presentes fizeram um minuto de silêncio pelas crianças que vivem, sofrem e morreram nas capitais do país.

De acordo com o presidente do CMDCA, Jader Martins, a capital de Mato Grosso apresenta um número reduzido de crianças e adolescentes nessa condição. “Isso de deve à realidade sócio-econômica do município, tendo em vista o número de habitantes ainda reduzido, se comparado às grandes capitais, e às políticas sociais e educacionais implementadas pelo poder público”.

Uma dessas ações é o programa Escola de Tempo Integral, implantado em 2008 e hoje atende 12 mil alunos em 51 escolas da rede de ensino de Cuiabá. Nesse projeto, denominado Educa Mais, os estudantes freqüentam atividades educativas, culturais e esportivas no período inverso em que estudam.

O presidente do Conselho também destacou a importância do envolvimento e parceria de todos os segmentos organizados da sociedade em ações que tirem crianças e adolescentes em situações de vulnerabilidade. “Essa aglutinação de forças é fundamental para o desenvolvimento de políticas intersetoriais no combate às condições de risco a que esses cidadãos são submetidas”.

Segundo a conselheira de Direito do CMDCA, Edvair Alves Pereira, coordenadora do evento, dados revelam que crianças e adolescentes que preferem freqüentar as ruas ao ambiente familiar são vítimas de violência doméstica. “Geralmente os pais desses menores são usuários de drogas lícitas ou ilícitas e os filhos são os que mais sofrem e são vitimizados por essa circunstância. Isso é reforçado quando detectamos que 80% dessa população têm família”, avaliou.

A conselheira ainda afirmou que as crianças e adolescentes que são encontrados nessa condição na capital, são levadas para casas de apoio, como o Lar da Criança, que hoje tem 90 abrigados. “Apesar de promovermos todo o acolhimento, nosso trabalho, em parceria com a Promotoria de Infância e Adolescência, é fazer com que esses menores retornem ao convívio da família da menor maneira possível, mesmo que seja com parentes mais próximos, como avós de tios”, explicou.

Para a secretária adjunta de educação da capital, Cilene Maciel, a escola é uma grande aliada no combate à vulnerabilidade a que essas crianças são expostas. “Além das atividades escolares, o espaço educativo pode promover outras ações na área de esporte, cultura e lazer, de forma coordenada, como é o caso da Escola de Tempo Integral. Esse envolvimento afasta as crianças da rua e preenchem o tempo em que estão fora de casa de forma produtiva”.

O secretário adjunto de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Luiz Fernando de Barros Cardoso, que no ato representou o prefeito Chico Galindo, afirmou que a criança deve ser prioridade absoluta de todos os gestores e que é necessária uma campanha de valorização da família. “Todos nós sabemos que essa população é o nosso futuro e que a família é a base de tudo. Por isso, temos que conscientizar toda a sociedade para a importância dessa entidade tão desvalorizada nos dias atuais”, enfatizou.

Também participaram do ato público educadores, alunos de escolas municipais e do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) conselhos tutelares, a Cufa (Central Única das Favelas) e o Comitê Pró-Infância.

Enviar Matéria Imprimir Voltar
Matéria(s) relacionada(s):
  • Vacina contra Hepatite A estará disponível a partir do dia 18 de agosto

  • Defesa Civil de Cuiabá recebe moção de congratulação

  • Cuiabá: ações conjuntas evitam enchentes e prejuízos este ano

  • Prefeitura de Cuiabá presta assistência a moradores do bairro Castelo Branco

  • Nível do Rio Cuiabá já é considerado normal

  • Prefeitura realiza ação de combate ao caramujo africano

  • Sugestão de pauta – Combate ao caramujo africano

  • Prefeitura de Cuiabá realiza 1ª Conferência Municipal de Proteção e Defesa Civil

  • Membros do Conselho da Criança e do Adolescente serão eleitos em fevereiro

  • Defesa Civil de Cuiabá vai implantar núcleos de atendimento nos bairros

  • Cuiabá participa de validação de campanha internacional contra a exploração sexual

  • Dia das Crianças é comemorado com brincadeiras no CPA I

  • Sugestão de Pauta - Semana Nacional da Defesa Civil

  • Profissionais da educação se reúnem para discutir direitos da criança e do adolescente

  • Artigo - Educar para o trânsito é educar para a vida

  • Brigada de Cuiabá já atendeu mais de 340 ocorrências de queimadas

  • Moradores da Cohab São Gonçalo participam de simulado contra desastres

  • Prefeitura de Cuiabá promove simulado contra enchentes

  • Defesa Civil prepara simulado contra enxurradas em Cuiabá

  • Defesa Civil de Cuiabá atende famílias atingidas pelas chuvas

  • Secretaria de Educação lança kit "Arte em defesa do Pantanal, Amazônia e Cerrado"

  • Edital 22 Anos do ECA: Projetos podem ser inscritos até o dia 30 de outubro

  • Cuiabá comemora Dia da Criança com investimentos na qualidade do ensino

  • Polícia Civil e Defensoria participam de discussões sobre direitos dos idosos hoje

  • Secretaria de Assistência Social e Conselhos de Cuiabá discutem diagnóstico municipal infanto-juvenil

  • Profissionais debatem temas relacionados a Direitos Humanos

  • 150 pessoas debatem direitos das pessoas com deficiência

  • Defesa Civil de Cuiabá inicia ações preventivas para período chuvoso

  • SUGESTÃO - Encerramento da Semana Estadual da Defesa Civil

  • Toma posse novo Colegiado do Conselho de Direitos da Pessoa Deficiente

  • Tomam posse os novos membros do Conselho Municipal de Defesa do Consumidor de Cuiabá

  • Sugestão de Pauta:

  • Seminário - 21 anos do ECA apresenta proposta de ações em rede

  • Cuiabá participou do Seminário Nacional Prefeito Amigo da Criança

  • Começa hoje seminário sobre o ECA com palestras e oficina de projetos

  • Seminário do ECA ensina a elaborar projetos

  • Idosos aprovam propostas que garantem envelhecimento digno

  • Escolas municipais são premiadas na 10ª Semana Estadual de Prevenção às Drogas

  • Conferência Municipal discute política para o envelhecimento digno

  • Procuradoria de Cuiabá consegue economia de R$ 7 milhões para o município em revisão de cálculo de precatórios

  • Direito do idoso é tema de Conferencia Municipal

  • Enfrentamento à violação de direitos das crianças e adolescentes tem bons resultados

  • Ato público marca mobilização Criança Não é de Rua.

  • Ação Nacional Criança não é de Rua será realizada amanhã

  • Seminfe e Defesa Civil atendem pedidos de socorro

  • Assistência Social apoia eleições do Conselho da Pessoa Idosa

  • Assistência Social prioriza entidades que trabalham com crianças e adolescentes

  • Comitiva liderada por Galindo dará assistência às famílias atingidas pelas chuvas

  • Jader Moraes assume presidência do CMDCA

  • Defesa Civil destaca dificuldade de fiscalizar construções em áreas de risco

  • Defesa Civil de Cuiabá alerta para risco de enchentes

  • Defesa Civil de Cuiabá mantém monitoramento constante das áreas de risco

  • Prefeitura de Cuiabá diploma parceiros do "Natal Criança Feliz"

  • Políticas voltadas à criança colocam Cuiabá na disputa de prêmio da Fundação Abrinq

  • Prefeitura promove a 1ª Cantata de Natal Criança Feliz

  • Cerca de 50 mil alunos da rede de ensino da capital recebem presentes do "Projeto Natal Criança Feliz 2010"

  • Alunos da Regional Norte recebem hoje brinquedos do "Projeto Natal Criança Feliz"

  • Gravidez na adolescência tem redução de 33% em Cuiabá

  • Prefeitura entrega brinquedos do projeto Natal Criança Feliz no dia 13

  • Regionais divulgam calendário de entrega de brinquedos do projeto Natal Criança Feliz de Cuiabá

  • Prefeitura discute projeto Natal Criança Feliz 2010

  • Renúncia fiscal em favor do Fundo Criança precisa ser feita até o fim do ano

  • Defesa Civil faz recomendações para época chuvosa

  • Crianças internadas no HSPMC terão programação especial no Dia das Crianças

  • Secretário profere palestra na Abertura do Seminário de Agentes da Rede

  • Fundo Criança de Cuiabá se destaca no cenário nacional

  • Secretaria de Educação emite orientações sobre a baixa umidade do ar

  • Conselhos Tutelares e delegacia vão atender em praça

  • Praça Alencastro, nº 158 - Centro

    CEP: 78005-906

    Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

    © 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá