A- |  A+

Secretário Paulo Borges diz que Cuiabá deve se orgulhar por ter recebido Prêmio Procel


Foto: Otmar de Oliveira

Clique para ampliar

O secretário Municipal de Infraestrutura, Paulo Borges, representou a Prefeitura de Cuiabá e o prefeito Chico Galindo na solenidade de entrega do “Prêmio PROCEL Cidade Eficiente em Energia Elétrica”, realizada ontem, na cidade de Campinas (SP). Cuiabá foi contemplada com o prêmio na categoria “Iluminação Pública”. O Prêmio é concedido pela Eletrobras e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) e contemplou o programa Reluz, implantado pelo município em 2008.

Paulo Borges disse que foi uma imensa alegria receber o prêmio, do qual Cuiabá deve ter muito orgulho. A capital mato-grossense foi elogiada pelo trabalho em busca da economia da energia elétrica, ação extremamente necessária na atualidade. “Os realizadores do prêmio destacaram os altos valores que os municípios gastam com iluminação pública. Os gastos com esse serviço perdem apenas para os investimentos feitos na área da educação”, explicou o secretário, que esteve acompanhado na solenidade pelo ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, gestor no município quando o projeto Reluz foi lançado, em 2008.

O "Prêmio PROCEL Cidade Eficiente em Energia Elétrica" está em sua 7ª edição e contemplou, este ano, o  programa Reluz. O Reluz foi lançado e desenvolvido a partir de maio de 2008,  possibilitou a renovação da iluminação pública de toda a cidade. O município investiu recursos no valor de R$ 23 milhões, com financiamento da Eletrobrás, para troca dos pontos de iluminação de toda capital. O Reluz foi o maior programa de melhoria na eficiência energética da história de Cuiabá, proporcionando 100% de iluminação pública a todos os bairros da capital, sem custos aos moradores.

Pelo Programa, foram substituídos 47.515 pontos de iluminação em toda a cidade, a um custo de 23 milhões e 390 mil reais, com uma relação excelente entre benefício e custo: 1,33. As lâmpadas usadas anteriormente (de vapor de mercúrio e de sódio) foram trocadas por lâmpadas mais eficientes (de vapor de sódio e de multivapor metálico). A economia anual na conta do município chegou à R$ 2 milhões, graças a uma redução de 28% no consumo anual dos pontos que foram eficientizados. O projeto ainda reduziu a demanda de ponta em 2,6 MW.

O trabalho começou da periferia para o centro da cidade, prestigiando e valorizando as famílias mais carentes, e levando iluminação eficiente aos locais onde são registrados os maiores índices de criminalidade.

O engenheiro Antônio Dias Cardoso, da Gerencia de Planejamento e Expansão da Rede Cemat, ressalta que os “números todos têm um significado muito maior”. “Iluminação Pública é questão de qualidade de vida, dignidade, cidadania, segurança. A iluminação pública muda a cara de um bairro, muda o dia-a-dia das pessoas”, pontuou.

A preocupação com a eficiência energética é uma questão de responsabilidade com a aplicação do recurso público. Nesse sentido, o programa Reluz foi agraciado por facilitar o processo, permitindo que as distribuidoras atuem em parceria com o município para viabilizar as obras.

O programa atende de maneira exemplar aos três pilares da sustentabilidade: o aspecto econômico, pela redução na conta de energia do município; o aspecto ambiental, pois que a redução do consumo de energia é sempre benéfica ao meio ambiente; e o aspecto social, uma vez que a iluminação beneficia a todos os cidadãos, direta e indiretamente.

Durante a solenidade de entrega do prêmio Procel, foi apresentado um vídeo com a experiência de Cuiabá. As experiências premiadas também serão divulgadas como exemplos de boas práticas por meio de publicação a ser enviada aos órgãos dos Governos Federal, Estaduais e Municipais envolvidos no combate ao desperdício de energia elétrica.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá