A- |  A+

Prefeito fala sobre abastecimento de água e coleta de lixo durante programa de TV


Foto: Otmar de Oliveira

Clique para ampliar

O prefeito Chico Galindo concedeu hoje (05-11) a tarde uma entrevista ao programa MTTV 1ª Edição, da TV Centro América, quando abordou os problemas no abastecimento de água na capital, falta de coleta de lixo nos bairros, novos valores do IPTU e projetos para o trânsito. 

Sobre os problemas de abastecimento de água, Galindo pediu “mais um pouco de paciência” para a população. “Certamente entre março e maio do ano que vem a questão do abastecimento estará resolvida. O complexo da Sanecap é antigo e precisamos informatizar todo sistema, o que está sendo feito”, disse.

Chico Galindo ressaltou que a prefeitura conseguiu R$ 2 milhões em recursos para corrigir os problemas na Sanecap.  A companhia também terá mudanças técnicas na gestão, segundo ele. 

Quanto à deficiência na coleta de lixo em Cuiabá, o prefeito explicou que a empresa que realiza o serviço trabalha com contrato emergencial. “Gostaríamos que o turno de coleta fosse estendido, mas infelizmente, sob essa condição emergencial, a coleta fica limitada nos bairros”, lamentou o prefeito.  Ele aproveitou para divulgar a data do contrato definitivo da coleta de lixo. “Ainda hoje (05), às 17h, minha equipe libera o edital de licitação para ser publicado oficialmente na segunda-feira (08-11). A empresa vencedora do processo licitatório assumirá em definitivo o serviço na capital.  

Para a área do trânsito foi levantada a questão da implantação de radares nas ruas da capital. Galindo deixou claro que considera a medida como uma forma de educar os motoristas. “A prefeitura elabora uma licitação para a aquisição desses aparelhos. Os radares passam a funcionar em Cuiabá já a partir do ano que vem”, garantiu.

Já sobre o aumento da alíquota do Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU, o prefeito enfatizou que o tributo não sofreu aumento no valor venal desde 1997. “Arrecadamos de IPTU R$ 23 milhões, enquanto Campo Grande, cidade bem menor, arrecada cerca de R$ 165 milhões. Alterar valores de impostos é uma decisão delicada para um prefeito. Mas as alterações permitirão melhores investimentos em áreas como saúde e infraestrutura”, pontuou.

Em relação aos problemas de atendimento no Pronto Socorro de Cuiabá, o prefeito explicou que haverá uma transferência de pacientes. “Vão sair da sala verde do PS 80 pacientes, quando parte irá para Santa Casa e a outra para o Hospital Bom Jesus”, disse Galindo, acrescentando que também será iniciada uma reforma no piso inferior do hospital.

Ele ressaltou que a saúde em Cuiabá precisa de mais apoio dos Governos Federal e Estadual. “Inclusive, tive uma conversa sobre esse assunto com o governador Silval Barbosa e ele se comprometeu a ajudar Cuiabá com mais recursos”, revelou.

Ao final, Galindo acrescentou que na próxima semana a Prefeitura e o Estado iniciam um trabalho de mutirão contra o mosquito da dengue. “O município vai entrar com 800 servidores e o Estado com os caminhões. O objetivo é promover uma faxina nos terrenos baldios da cidade”, explicou.     

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá