A- |  A+

Horto Florestal tem função reguladora quando umidade do ar é baixa


Foto: Pipo Figueiredo

Clique para ampliar

Nesta fase de baixa umidade do ar na Capital, o Horto Florestal Tote Garcia, em Cuiabá, tem sido um auxílio precioso aos habitantes da região Sul, afirmou hoje (27-08) Zilda Helena da Silva, gerente de Educação Ambiental. "Por concentrar uma infinidade de espécies vegetais, seja da Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado ou Pantanal, a umidade reinante nos 17 hectares que compreendem o Horto Florestal representa função similar à de um pulmão. Isso beneficia em muito a população da região Sul, a exemplo dos benefícios que o Parque Mãe Bonifácia e outras áreas ecológicas direcionam as regiões que influenciam na Capital mato-grossense".

Zilda explica que essa função reguladora do meio ambiente traz consequências positivas à saúde da população. "Se falta oxigenação e o ar (puro) está rarefeito em outras áreas da cidade, naquelas dotadas de verde natural a umidade é maior, o que reduz automaticamente a temperatura local e contribui significativamente para reduzir ainda os efeitos atrozes da poluição e do efeito estufa".

A gerente do Horto Florestal convida a todos para conhecer mais a fundo a potencialidade ambiental desse logradouro público que surgiu há décadas, a partir de um projeto de reflorestamento, no governo municipal de Isaac Póvoas. "Daí a variedade de plantas nativas e, inclusive, espécies interessantes da flora internacional. Em se tratando de vegetais, temos de tudo no horto, para apreciação dos visitantes e pesquisas, em geral".

As visitas podem ser agendadas pelo telefone (65) 3313.3158, em horário comercial. "Normalmente, somos procurados pelas escolas, em nível municipal, estadual e federal, que desejam repassar informes técnicos de algumas espécies e procedimentos técnicos de cultivo. Quando agendadas, estas visitas são acompanhadas por engenheiro florestal e biólogo, seguindo-se palestra sobre o tema em questão. Se querem saber sobre caule, então é feita exposição detalhada a respeito disso, e assim por diante. As explicações sucedem também durante a marcha dos grupos pelas trilhas do Horto, quando os alunos podem apreciar animais silvestres que moram no local, livres e protegidos".

Para a bióloga Maria José Cuervas, "é um prazer imenso poder repassar algo do que a natureza nos ensina diariamente àqueles que visitam o horto". Ela é uma das encarregadas de ciceronear os grupos de estudantes pelas trilhas do lugar, e confessa que, a cada visita, registra um contentamento excepcional por parte dos visitantes. "Eles querem saber de tudo um pouco, e ficam curiosos a respeito de alguns procedimentos adotados no cultivo das mudas, as melhores formas de preservá-las, etc".

Esse é um dos objetivos principais do Horto Florestal, garantem as técnicas ambientais. Zilda salienta que, no entendimento notável das crianças, 'sempre ávidas por armazenar mais conhecimentos, a natureza merece muito respeito, em decorrência do seu papel primordial na preservação da vida, em si, do próprio homem'.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá