A- |  A+

Estação de Tratamento de Esgoto da Ginco atenderá a cinco mil residências


Foto:Walter Machado/PMC

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Francisco Galindo, participou nesta quarta-feira (29-06), da solenidade de inauguração da obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no Ribeirão do Lipa, que foi realizada pela Ginco em parceria com a PDG.  A Ginco empregou recursos próprios, no valor de R$ 3,5 milhões, na construção desta estação de tratamento. A Sanecap forneceu toda a tecnologia necessária para a implantação da ETE e ficará responsável pela operação da Estação.  

A Estação de Tratamento tem capacidade para atender cinco mil unidades habitacionais na região do Ribeirão do Lipa, o que representa uma população aproximada de 25 mil pessoas. A obra teve início em agosto de 2010, e já recebe os resíduos de todos os empreendimentos da Ginco localizados na bacia do Ribeirão do Lipa, entre residenciais e condomínios.  

“A construção da ETE foi necessária para dar a destinação correta ao esgoto produzido em todos os empreendimentos da Ginco, que estão sendo instalados na região”, explicou o  diretor da Ginco, Julio Cesar de Almeida Braz. De acordo com Julio Cesar, existe um projeto de construção de uma grande ETE para a região, prevista no PAC 1, mas como houve atrasos nesta obra e na execução do PAC 1, a empresa colocou em prática o “plano B”.  

Cuiabá  tem, hoje, apenas 28% do esgoto tratado. A nova ETE do Ribeirão do Lipa irá contribuir com 2% desse percentual, aumentando para 30% o total de esgoto tratado no município. “O que esta Estação está fazendo representa 80% dos municípios de Mato Grosso. A maioria dos nossos municípios tem até 25 mil habitantes. Esta obra representa qualidade de vida”, declarou o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Júlio Pinheiro, presente a solenidade.  

O engenheiro da Senecap responsável pela Estação, João Batista Xavier, informou que a ETE foi construída com tecnologia de ponta, seguindo todos os parâmetros necessários para que o esgoto tratado tenha a maior porcentagem possível de pureza. A Estação é equipada com decantadores e a parte de desinfecção é feita com raios ultravioletas. A ETE também tem equipamentos que tratam os nutrientes que ficam no esgoto já tratado. Este tratamento é necessário para que os nutrientes não sejam despejados nos córregos e rios, podendo provocar problemas ambientais.  

“A Estação de Tratamento de Esgoto vai atender todas as exigências ambientais, contribuindo para a preservação dos recursos naturais de Cuiabá e, principalmente, do Pantanal Mato-grossense”, destacou João Batista. 

Já  o prefeito Francisco Galindo ressaltou a importância da ETE e de outros empreendimentos do tipo “na preservação daquela que considero ser a maior riqueza de nossa capital, o rio Cuiabá. Ainda temos que caminhar muito para salvar o rio. Não percebemos, mas estamos matando o nosso rio”.     

Galindo também destacou a parceria com a iniciativa privada. “Fico muito feliz quando encontro uma parceria assim, como está com a Ginco. O empreendedor se preocupa com o meio ambiente e o município é quem ganha. Parabéns à Ginco e a todos os engenheiros e técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e da Sanecap por esta importante obra”.  

PAC 

O prefeito informou, que hoje mesmo teve uma reunião com representantes da Caixa Econômica Federal para acertar os detalhes da retomada do PAC 1 (Programa de Aceleração do Crescimento). Foram acertados pontos para iniciar o novo processo licitatório para as obras do PAC. Galindo espera que as licitações e as empresas responsáveis sejam contratadas ainda este ano, para que as obras sejam retomadas no início de 2012. As obras do PAC 1 são voltadas para a área de saneamento, com previsão de solucionar em mais de 60% o déficit de saneamento básico de Cuiabá.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá