Quarta, 12 de setembro de 2012, 15h40
A- |  A+

Assistência Social e Desenvolvimento Humano

Exército Brasileiro e Peti promovem atividade contra o bulling


A prevenção ao bulling será tema de debate com cinquenta participantes do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) administrado pela Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano de Cuiabá (SMASDH). A atividade será desenvolvida em parceria com o Exército Brasileiro por meio do programa Força no Esporte (Profesp).

O debate será realizado no dia 18 de setembro (terça-feira), a partir das 9h, na sede do 44º Batalhão de Infantaria Motorizada (BIM). Estarão presentes participantes de 7 a 15 anos.

De acordo com a gerente do Peti, Juscimeire Vieira, irão participar das atividades as crianças atendidas nas unidades do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do Jardim União, Lar Espírita Mário Corrêa e Ong Flor do Cerrado.

Ela explica que rotineiramente são desenvolvidas ações para a disseminação de medidas preventivas contra o bulling e que as práticas já refletem resultados positivos. “As nossas crianças e jovens passam muito tempo juntos e, por vezes, percebíamos que as brincadeiras não eram tão inocentes. Investimos no trabalho preventivo e já temos alcançado resultados interessantes no cultivo do respeito”, diz Meire.

Juscimeire cita que o filme que será apresentado trata de uma maneira bastante clara os malefícios do bulling. “Retrata a vida de um garoto de 15 anos, que após perder o pai, muda de cidade com sua mãe. Em uma nova escola começa a ser alvo de brincadeiras perversas. O jovem acaba sucumbindo ao assédio psicológico e a violência física que sofre dos colegas e termina cometendo suicídio. É um filme que debate de uma forma muita aberta a problemática e possibilita a reflexão sobre quem comete os atos e aqueles que o sofrem”.

Segundo Meire, além dos monitores do Programa, a atividade também será acompanhada por uma assistente social.

O Peti

O Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil é um programa federal administrado pela Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano ofertado nos 13 Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) e outras quatro instituições filantrópicas atendendo um total de 2,9 mil pessoas. Esse público recebe acompanhamento da equipe técnica, psicoassistencial, além da transferência de renda, no valor de R$ 40. As crianças e adolescente inseridas no Peti desenvolvem atividades nos eixos pedagógico, cultural e desportivo.
Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá