Quinta, 21 de outubro de 2010, 12h08
A- |  A+

Assistência Social e Desenvolvimento Humano

Ação da Prefeitura de Cuiabá por populações de rua desperta interesse jornalístico


Foto: Assessoria SMASDH

Clique para ampliar

O projeto desenvolvido pela Prefeitura de Cuiabá,  através da Secretaria Municipal de Assistência Social - Smasdh, para moradores em situação de rua tem sido assunto para várias matérias jornalísticas. 

O tema já foi abordado pelos principais veículos de comunicação da capital e pela assessoria de imprensa do Ministério do Desenvolvimento Social. O interesse pelo trabalho realizado para dar encaminhamento a esse tipo de usuário é grande porque representa um desafio ao sistema de desenvolvimento humano em todo o país.    

A jornalista Cristiane Hidaka, da assessoria do MDS, visitou o Albergue Manoel Miraglia, onde observou a rotina de trabalho do Albergue e entrevistou servidores e albergados. 

O Ministério está trabalhando para elaborar o modelo de referência para o atendimento aos moradores de rua, o serviço CREAS-POP Centro de Referencia Especializado da Assistência Social para populações de rua que deve ser implantado em todo o Brasil. Em Cuiabá o trabalho está bem organizado e já funciona há cinco anos com bons resultados. 

O destaque positivo do modelo de albergamento feito pela Prefeitura de Cuiabá é a semelhança com a rotina familiar: preparação das refeições, divisão de tarefas como a limpeza dos dormitórios, cuidado com a horta, lavagem de roupas etc. A possibilidade que o usuário tem de conseguir emprego e poder ser novamente inserido na sociedade também é muito eficaz. 

Nesta terça feira, para produção do Jornal Circuito Mato Grosso, a assistente social Josiane Gonçalves da Costa falou sobre a rotina do Albergue Albordagem Solidária que funciona no Quilometro Sete da estrada da Guia.

“Atendemos pessoas em situação de rua vindos do interior do estado, moradores de Cuiabá que perderam referência familiar e pessoas vindas de outros estados. Não temos tratamento para dependentes químicos, que seria função da secretaria de  estado da saúde, entretanto recebemos vários portadores de transtornos mentais e dependentes químicos que precisam de abrigo temporário. É um trabalho bastante difícil que nunca termina. Atendemos de segunda a segunda” informou a assistente social. 

A Prefeitura de Cuiabá mantém três albergues. A Abordagem Solidária da Estrada da Guia, o Manoel Miraglia localizado na Rua Afeganistão S/N, e a Missão Atalaia de Jesus que fica no Bairro do Porto, que totalizam 200 vagas por dia.

O serviço da Abordagem Solidária atende pelos telefones 0800-60212 ou 96460927

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá