A- |  A+

Perfil / PERFIL

Valdecir Amaral, o popular professor Macgyver


Autêntico, extrovertido, comunicativo e apaixonado pela profissão: são estas algumas das qualidades que se pode definir o professor de Educação Física Valdecir Amaral, servidor da Secretaria Municipal Educação, atualmente lotado na pasta de Esporte e Lazer.

A história dele, em Cuiabá, começa no ano de 1985 quando saiu de sua cidade natal, Assis, localizada no interior de São Paulo.  Aos 22 anos e recém-formado, decidiu se dedicar a profissão e “alçar voos maiores”, como classificou e, portanto, foi para a capital de Mato Grosso, Cuiabá.

Logo encontrou uma oportunidade de trabalho como educador físico no tradicional Colégio Salesiano São Gonçalo, local onde permaneceu durante 20 anos e ganhou uma nova identidade ao ficar conhecido pelo apelido em que todos o conhecem até hoje, professor Macgyver.

“Naquela época em 1986, começava na televisão o seriado Macgyver e os próprios alunos começaram a me chamar pelo nome porque me achavam parecido com o ator. De lá para cá, eu nem me lembro de que meu nome é Valdecir, pois sou conhecido por todos por professor Macgyver”, frisou com certo orgulhoso.

Seu primeiro contato com o serviço público foi o contrato temporário com a Secretaria Municipal de Educação, permanecendo por um ano, como professor de educação física na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Ezequiel Siqueira.

Em seguida, prestou o concurso e retornando no ano seguinte para a mesma escola já com cargo efetivo no funcionalismo público da Prefeitura de Cuiabá. No inicio da carreira, seu trabalho era diretamente com crianças da pré-escola a quarta série, algo que marcou pelo fato de tudo, em suas palavras, ser  “aprendizado e ensinamento”.

“No começo, eu era muito jovem recém-formado e não sabia ao certo como lidar com estas crianças, mas na minha intuição era recordar das brincadeiras que fizeram parte da minha infância e isso me fez adaptar para aqueles alunos e fez toda a diferença. Acabava que eu estava vivendo mais uma vez o meu passado e agora junto daquelas crianças”, recordou com carinho.

De acordo com Macgyver, estes anos lidando diretamente com iniciação de crianças o fez trabalhar todos os dias com gratidão a profissão escolhida. Para ele, o carinho, o amor e o respeito são fundamentais para o rápido aprendizado de uma criança seja para a vida de qualquer pessoa.

“Eu rolava no chão com elas [crianças], minha esposa perguntava por que eu chegava todo sujo em casa, mas com criança não tem como ser pela metade porque a gente se envolve, entra naquele mundo e esquece qualquer tipo de problema”, contou.

Sua carreira como funcionário público coleciona passagens por mais  cinco Emeb’s, além trabalhar em Centros Esportivos como professor das modalidades esportivas de basquete e vôlei, as quais eram as aulas de iniciação infantil.

Em 2004, devido a uma enfermidade qual impossibilitou não mais ministrar aulas foi então transferido para a área administrativa da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo.

Quatro anos mais tarde, começou a atuar como gerente esportivo na própria pasta municipal e é onde permanece até os tempos de hoje na função em que desempenha a elaboração de eventos esportivos como, por exemplo, jogos amistosos e campeonatos com papel de fiscalização dos ginásios esportivos, das escolas de iniciação esportivas, além de também coordenar corridas, projetos, atividades direcionadas aos idosos, dentre outros.

São 33 anos de carreira e 55 anos de idade e é esperado que daqui cinco anos ele entre com o processo de aposentadoria, porém é difícil para um servidor que trabalha com tanto amor pensar nisso.

“Eu sou árbitro de vôlei, estou sempre envolvido nestas questões de esporte e pensar em aposentadoria pra mim ainda não é meu foco. Não me vejo parado em casa, sem fazer nada. Tenho um colega que aposentou mais não sai da secretaria vem aqui todos os dias, talvez eu seja assim no futuro”, brincou o professor.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá