A- |  A+
Sábado, 18 de março de 2017, 08h00


Obras Públicas / INFRAESTRUTURA

Secretaria de Obras deve intensificar Operação Tapa-buraco



Tchélo Figueiredo

Clique para ampliar

Lançada no final de janeiro após um levantamento da Secretaria Municipal de Obras Públicas constatar a existência de mais de 44 mil buracos espalhados pelas ruas da Capital, a Operação Tapa-buraco segue com seus serviços a todo vapor. Com oito equipes espalhadas pelas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste da cidade, a grande ação, que recebe um investimento de R$ 1,2 milhões de recursos municipais, já atendeu diversas localidades e a previsão é que nas próximas semanas os trabalhos sejam intensificados.

Segundo o secretário Vanderlúcio Rodrigues, até a próxima semana o número de equipes deve ser ampliado para 12, fazendo assim com que os serviços alcancem a maior quantidade de bairros possíveis. Além disso, ele anunciou que as secretarias de Obras e Serviços Urbanos trabalharão em conjunto nas ações do Mutirão da Limpeza, realizadas todos os fins de semanas.

“Essa parceria entre as secretarias é algo fundamental para a execução de um trabalho eficiente e que solucione as demandas da população com qualidade. Por conta disso, optamos por também fazer parte do Mutirão da Limpeza, onde a Serviços Urbanos entra com o trabalho de recolhimento do lixo acumulado e a Secretaria de Obras com a restauração da pavimentação desses locais”, disse o gestor. 

Conforme o secretário, a princípio as equipes estavam concentradas nas grandes avenidas, dando preferência às rotas de maior movimentação do trânsito cuiabano. Até o momento a operação já esteve presente nas avenidas Dante Martins de Oliveira (antiga Av. dos Trabalhadores), Fernando Corrêa da Costa,  Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA) e Palmiro Paes de Barros.

Mesmo dando preferência para as maiores vias, a Secretaria de Obras tem se preocupado também em atender as avenidas principais de alguns bairros apontados como em situação de emergência. Nesta semana, por exemplo, os bairros Nova Canaã, Goiabeiras, Recanto dos Pássaros, Planalto, entre outros, foram beneficiados com a ação.

“Nosso trabalho está sendo realizado respeitando um planejamento que atenda de início as áreas consideradas em estado crítico e que recebem diariamente um grande fluxo de veículos. Isso não significa que outras regiões não serão contempladas. Essa é uma ação permanente, que irá beneficiar toda a cidade”, pontuou o secretário.

 

 

 



Comentários










Captcha

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia