Segunda, 27 de janeiro de 2014, 10h55
A- |  A+

Notícias / Campanha

Saúde promove "Dia D" de combate à Hanseníase em Cuiabá

Os atendimentos à população serão realizados na Clínica da Família, no CPA I


Secom Cuiabá

Divulgação

Clique para ampliar

Campanha contra hanseníase

 

A Prefeitura de Cuiabá realiza nesta terça-feira (28), o “Dia D” de combate à Hanseníase na Capital. Os atendimentos à população serão realizados na Clínica da Família, no CPA I, durante todo o dia. Além disso, as 86 equipes de saúde básica da Secretaria Municipal de Saúde estarão mobilizadas durante a programação da semana, onde estão incluídas palestras educativas e informativas, distribuição de folders e visitas nas residências da região do grande CPA e do bairro Centro América.

 

O evento é realizado em alusão ao 61° Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase, comemorado no domingo, dia 26 de janeiro. A data foi criada com a finalidade de chamar a atenção do mundo todo para o problema da doença.

 

Atualmente em Cuiabá existem 354 pacientes em tratamento, sendo 19 menores de 15 anos, mas ainda há muitas pessoas que não sabem que são portadoras da doença.

 

A hanseníase tem prevalência alta em Cuiabá, bem como em todo o Estado. Em 2013 foram detectados 274 novos casos na Capital, sendo que 20 pacientes foram curados. No ano anterior (2012), foram detectados 242 casos e 142 pacientes curados. A expectativa para este ano é detectar cerca de 300 novos casos da doença.

 

Durante todo o ano, mas especialmente nesta semana de mobilização, as equipes de saúde irão trabalhar fortemente no sentido de reforçar a importância do tratamento e, além da busca ativa nas comunidades, realizarão também a avaliação de contato, já que a doença é transmissível e as pessoas mais próximas do doente são as que mais correm risco de se contaminar.

 

De acordo com a Coordenadora de Educação em Saúde do Programa Municipal de Combate a Hanseníase, Mikaelle Dias Barreto Taques, o diagnóstico precoce é fundamental para o controle. A hanseníase tem cura e sua forma mais grave pode desaparecer completamente se o paciente cumprir os 12 meses de tratamento prescrito pelo médico.

 

O diagnóstico tardio também tem tratamento e cura, mas, dependendo do estágio da doença, a pessoa já pode estar acometida das dores e deformidades que a hanseníase provoca quando não é tratada a tempo.

 

A Clínica da Família funciona das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas e está localizada na Avenida Óbidos, s/n, CPA I. 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá