Domingo, 26 de abril de 2020, 07h00
A- |  A+

Mobilidade Urbana / FISCALIZAÇÃO

Semob registra 50% de redução da frota em circulação após medidas contra disseminação do novo Coronavírus

A fiscalização será mantida para garantir maior fluidez no trânsito da Capital


A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob)  -  da Prefeitura de Cuiabá -  aponta a redução de 50% na frota de veículos nas principais avenidas da capital em razão do decreto municipal sancionado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, no dia 23 de março, que estabeleceu como forma de prevenção e controle da pandemia contra o novo Coronavírus, o isolamento social e limitou o serviço de transporte público na capital (apenas os servidores da saúde nas redes pública e  privada) e dos trabalhadores dos serviços essenciais  inicialmente foram autorizados a usar o serviço. Já a partir do dia 27 de abril - com a retomada gradual do comércio -, quem atua desempenhando funções nos comércio também estará autorizado a utilizar os coletivos. O secretário Antenor Figueiredo pondera que, sem as medidas restritivas, mais de 600 mil veículos (considerando os emplacados em Cuiabá e Várzea Grande) transitem pelas ruas da capital. 

O diretor de Trânsito da Semob, Jean Carlo considera que esse resultado foi uma somatória de esforços, tanto do Poder Público que prevê a segurança e a saúde da população como dos condutores, que entenderam a importância de ficar em casa, só sair em casos de extrema necessidade. Com as medidas, a Semob informou que a estimativa é de que nesse período cerca de 300 mil automóveis estejam circulando.  

No entanto, diante desse novo decreto sancionado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, que permitiu uma maior flexibilização, com a abertura gradativa dos comércios, esse fluxo tende a aumentar, uma vez que muitas pessoas terão que sair de casa para trabalhar. A estimativa de aumento é de 25%, conforme estudos realizados pelo setor responsável por esse controle na Semob. “Já prevendo esse crescimento, principalmente na região central do Município, os agentes de trânsito estarão presentes para garantir a qualidade e a fluidez na circulação dos veículos”, pontuou Jean.

Na oportunidade o diretor informou que a fiscalização continua. “Estacionar em locais proibidos, vagas reservadas para carga e descarga, destinadas para idosos e PCD’s e nas calçadas, os fiscais estarão atentos para o cumprimento das leis estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro. A nossa intenção não é punir os motoristas, mas fazer valer as regras para evitar acidentes e problemas ocasionados por conta do descumprimento das leis”, afirmou Jean.

Ajustes  -  A Secretaria de Mobilidade Urbana, da Prefeitura de Cuiabá, apresentou na manhã de hoje (24), o plano de ajustes no transporte público a partir da próxima segunda-feira (27),  em razão da retomada gradativa do comércio, autorizada pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, por meio do decreto 7886/2020. Conforme o prefeito Emanuel Pinheiro, não se trata de uma liberação a todo público do sistema de transporte. A partir do dia 27, além dos servidores da saúde (nas redes pública e  privada) e dos trabalhadores dos serviços essenciais, quem atua desempenhando funções nos comércio também estará autorizado a utilizar os coletivos. 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá