Segunda, 22 de junho de 2020, 08h40
A- |  A+

Mobilidade Urbana / ADAPTAÇÕES

Semob realiza ajustes para agilizar o serviço do transporte coletivo na Capital

Algumas linhas estão com intervalos de menos de dez minutos entre uma viagem e outra


José Ferreira

Clique para ampliar

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), da Prefeitura de Cuiabá, a fim de prestar um serviço de qualidade e mais agilidade àqueles que utilizam dos serviços do transporte coletivo oferecido na Capital, realizou alguns ajustes no planejamento de trabalho que vem sendo executado nesse período e enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus.

Sete novos veículos foram incluídos na frota em circulação, principalmente para suprir as demandas das linhas troncais, ou seja, aquela de maior procura pelos usuários. “Tivemos conhecimentos de alguns problemas pontuais. Nesse sentido, reunimos com as empresas que prestam os serviços e definimos essa nova estratégia. O controle do tráfego e quantidade de usuários transportados são realizados diariamente”, explicou o diretor de Transporte, Nicolau Budib.

Algumas linhas que receberam reforço e extensão no horário de atendimento são a 115, 605, 711, 517, 313, 311 e 609. No entanto, reforça Nicolau, para que possamos alcançar êxito nos resultados, precisamos da colaboração da população. “Algumas linhas estão fazendo com intervalo de menos de dez minutos entre uma e outra, o que corresponde a dez viagens em menos de 01 (uma) hora. Então, com um pouco de paciência, o usuário pode esperar o próximo ônibus e com isso evitar a superlotação. Uma vez que, é impossível a fiscalização estar em todos os pontos e estações”, ressaltou.

A fiscalização do controle de acesso dos usuários do transporte coletivo na capital continua.  Com a retomada de forma gradativa e segura dos setores econômicos, o monitoramento é realizado para evitar aglomerações, o que possibilita à disseminação do novo coronavírus. Se comparado com o número total de passageiros registrados em tempos normais, o equivalente a 250 mil pessoas, o fluxo diário registrou uma redução de 70% desde o início da adoção de medidas especiais e de controle ao novo Coronavírus.

Antes da publicação do último decreto municipal, que dispõe sobre a retomada de setores econômicos, na primeira quinzena do mês de junho, conforme levantamento feito pelo Diretoria de Transportes, o número de usuários que estavam sendo transportados era de 75 mil. Após essa última medida de disseminação do Covid-19, o número de transportados saltou para 85 mil, um pequeno acréscimo de 10 mil passageiros.

Válido lembrar que todos os veículos são devidamente higienizados após término de cada viagem. Os coletivos estão circulando, seguindo a determinação judicial, com 50% de sua capacidade total.

“Para um maior rigor na fiscalização, controle de acesso e exigir o uso de máscaras tanto dentro dos ônibus como nos terminais e paradas de ônibus, as equipes de agentes estão atuando de forma volante. Nos horários considerados de pico, os agentes permanecem nas estações Alencastro, Bispo e Maria Taquara. Após isso, os agentes são deslocados para os principais corredores como as Avenidas do CPA, Trabalhadores e Fernando Côrrea, a fim de garantir a fluidez e a tranquilidade do trânsito”, concluiu Nicolau.

 

 

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá