Segunda, 27 de abril de 2020, 16h10
A- |  A+

Mobilidade Urbana / COMBATE AO CORONAVÍRUS

Semob monitora sistema de transporte público no 1º dia de retorno gradual do segmento econômico

Além da restrição de público, cada coletivo só pode realizar as viagens com 50% de sua capacidade.


Após o decreto 7886/2020, editado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, autorizando à retomada gradativa do comércio a partir desta segunda-feira (27), a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que vem monitorando o sistema de tranporte público. Os dados coletados neste primeiro dia de retomada das atividades servirão para adoção de novas medidas, mas resguardando ações preventivas à disseminação do novo Coronavírus. 

Conforme o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, não se trata de uma liberação a todo público do sistema de transporte. A partir de hoje, os servidores da saúde (nas redes pública e privada),  trabalhadores dos serviços essenciais e quem atua desempenhando funções nos comércio, estão autorizados a utilizar os coletivos. Os trabalhadores do comércio, deverão apresentar um crachá funcional, estar devidamente uniformizado ou apresentar a Carteira de Trabalho, a fim de evitar filas e aglomerações.
“Já estamos preparados para atender a demanda. Se necessário,  60 novos veículos serão disponibilizados para atender os usuários que precisam dos serviços do transporte público”, declarou o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo. Atualmente, por  medida de segurança e para ampliar o isolamento social, circulam diariamente, 90 coletivos.  

O secretário pondera ainda que a mudança estabelecida para início das atividades do comércio, das 10h às 16h,  segundo o decreto 7886/2020, é um importante aliado para evitar aglomerações. Ele reconhece que problemas pontuais foram  registrados e garante a resolução das demandas. “Fiquem tranquilos que estamos preparados".

Além da restrição de público, cada coletivo só pode realizar as viagens com 50% de sua capacidade. Os ônibus também são higienizados para reforçar as medidas de biossegurança. “Com isso, vamos construindo uma Cuiabá mais segura, responsável e que começa a retomar suas atividades, de forma gradativa, pensando acima de tudo na saúde e na vida da população”, ponderou o prefeito Emanuel Pinheiro.

O plano de ajustes foi tomado por meio do decreto 7886/2020. Desde o mês de março, a gestão municipal adotou medidas para evitar à disseminação do novo Coronavírus, como a limitação da frota de coletivos na capital.   "As medida são duras, mas necessárias para evitar que Cuiabá sofra os impactos da Covid19. É o momento de atuar preventivamente", disse o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro. 

 

 

 

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá