Segunda, 06 de maio de 2019, 10h41
A- |  A+

Mobilidade Urbana / NO TRÂNSITO, O SENTIDO É A VIDA

Semob direciona ações do Maio Amarelo à empresas e jovens; confira

Programa foi lançado na sexta-feira (3) em Cuiabá


A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) dará sequência as ações do Maio Amarelo com uma série de palestras voltadas a iniciativa privada e blitz educativas pelos bares de Cuiabá. A proposta foi apresentada na sexta-feira (3), durante a inauguração do projeto. Na ocasião, diversas entidades envolvidas com a conscientização e prevenção às mortes causadas por acidentes de trânsito fizeram um “adesivaço”.

De acordo com a secretária adjunta da Pasta, Luciana Zamproni, as empresas foram escolhidas por contarem com frota de veículos relevante. “Esta é uma forma de prevenir acidentes reforçando a importância da direção consciente e da documentação, uma vez que o trabalho dessas pessoas tem impacto diário no tráfego da Capital”, disse.

Sendo assim, foram programadas palestras em grupos como a BRF/Sadia (6/05), Verde Transporte (8/05), Votorantim (9/05) e Hospital São Matheus (20/05). Além disso, haverá iniciativas do programa Faixa cidadã (14/05) e de educação no trânsito para crianças, na Prefeitura de Cuiabá (de 24 a 30/05).

Para a edição 2019, cujo mote é “NO TRÂNSITO, O SENTIDO É A VIDA” e, por intermédio das crianças, sob a assinatura “#ME OUÇA”, o Maio Amarelo levará à toda comunidade, reflexões sobre comportamentos seguros. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem pela vida.

Luciana lembra que em Cuiabá o número de acidentes está diretamente ligado a condutores com faixa etária de 22 a 25 anos e ao consumo de bebida alcoólica. Diante disso, uma das estratégias adotadas pela Secretaria será promover a cultura do “motorista da rodada”, que apresentou resultados positivos em outras situações e deve ganhar reforço com ações educativas pela noite da cidade.

“No começo das campanhas da lei seca era comum que um grupo de amigos escolhesse um motorista da rodada. Ou seja, alguém que não consumisse álcool naquele momento e pudesse conduzir os demais em segurança. Hoje perderam esse hábito. É preciso destacar ainda a facilidade proporcionada pelos aplicativos de transporte. Se nós cumprirmos as regras, não teremos mortes no trânsito”, afirmou Luciana. 

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Galeria de Fotos:

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá