Sábado, 04 de maio de 2019, 07h00
A- |  A+

Mobilidade Urbana / ADOTE UM PONTO

Prefeitura de Campo Grande se inspira em modelo de ponto de ônibus usado em Cuiabá

Assim como o que ocorre em Cuiabá, a lei aprovada em Campo Grande leva em consideração a sustentabilidade e o conforto dos usuários do transporte coletivo


O programa “Adote um Ponto”, criado pela Prefeitura de Cuiabá, tem inspirado iniciativas semelhantes em outras cidades pelo Brasil. É o caso de Campo Grande (MS), onde o prefeito Marquinhos Trad sancionou na quinta-feira (2) uma lei que autoriza a criação do projeto Ponto de Ônibus Sustentável.

Em ambos os casos, a proposta é de que as paradas sejam construídas a partir do reaproveitamento de contêineres, com telhado verde e placas solares que geram energia limpa. Além disso, a instalação e manutenção deverá ser feita em parceria com a iniciativa privada, como já ocorre em Cuiabá.

Ou seja, a implantação das paradas é feita com recursos de empresas autorizadas a explorar o espaço com publicidade. Para isso, é aberto um edital de chamamento público no qual a iniciativa privada é incentivada a aderir à política. Em Cuiabá, a legislação prevê exploração do espaço de dois anos, prorrogáveis por mais dois.

O prefeito Emanuel Pinheiro destaca o pioneirismo do município ao aderir à medida. “Desde quando inauguramos o primeiro ponto deste modelo, em frente ao Shopping Pantanal, constatamos grande aprovação pela população. Isso atraiu também os olhares de outras gestões, que nos procuraram em busca de soluções parecidas”, comentou.

Autor do projeto de lei que garantirá a implantação dos pontos na capital vizinha, o vereador Gilmar Cruz explica que além de Cuiabá, a proposta também leva em consideração os modelos já instalados em Florianópolis-SC. Assim, foi constatada a viabilidade para a realidade da cidade.

“É motivo de muita alegria para nós, incentivamos soluções sustentáveis em Campo Grande. O objetivo é valorizar a urbanização e mobilidade, além de proporcionar conforto ao usuário do transporte coletivo. Por isso, optamos pela parceria com o setor privado, que poderá explorar o espaço para fins publicitários.”

De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá, Antenor Figueiredo, até o momento, quatro estruturas do tipo foram implantadas pela cidade. “Nossa expectativa é que 70 pontos sejam criados a partir do reaproveitamento de containers”, pontuou.

Com relação ao processo de reaproveitamento das estruturas, Antenor explica que elas passam por um processo de restauração que, incluindo pintura, plotagem e a instalação de um jardim suspenso, ajuda no isolamento térmico. As paradas têm garantia de pelo menos 15 anos de vida útil.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá