A- |  A+
Sexta, 13 de maio de 2016, 15h00


Mobilidade Urbana / Maio Amarelo

Calma, o App continua funcionando normalmente

O que não pode continuar são os acidentes e as mortes no trânsito de Cuiabá



O uso de celular no trânsito é proibido, segundo o Art. 252, do Código de Trânsito Brasileiro - Lei 9.503/97. Apitou ou piscou a luzinha, já dá vontade de conferir a mensagem, mas uma simples olhadinha no smartphone pode ser fatal. Ao dirigir, esse gesto aumenta duas vezes a chance de se envolver em acidentes.

O uso de celular no trânsito vem aumentando muito. Basta um giro pelas ruas para observar carros fazendo zigue-zague nas ruas ou saindo alguns segundos depois que o semáforo se abre, e isso quando o veículo de trás buzina. O motivo? Distração com o celular. Alguns chegam a mandar mensagens de texto e áudio, filmar e até tirar fotos enquanto dirigem.

Vale chamar atenção para os pedestres também, que não devem atravessar a rua lendo mensagens de texto ou falando no celular.

Fique atento ao que a lei realmente proíbe:

 Quando o condutor atende o telefone celular, retirando a mão do volante ao levá-lo ao ouvido.

Quando o passageiro atende o telefone celular, levando o aparelho ao ouvido do condutor. Quando o condutor utiliza fone ou fones conectados ao telefone celular. E quando o condutor utiliza o telefone celular viva-voz.

Se for dirigir, coloque o celular no silencioso - ou até mesmo desligue o aparelho. Ter mais atenção no trânsito pode salvar vidas.

Respeite as leis de trânsito e evite acidentes.



(1) Comentários










Captcha

Elza Gomes da Silva  13.05.16 16h19
Já não era sem tempo de se fazer uma campanha neste sentido. Dirigir e falar ao celular ao mesmo tempo é assumir o risco de matar pessoas e animais. Homicido doloso para quem mata nestas condições. Temos crianças, idosos, pessoas com necessidades especiais, esse desrespeito pela vida precisa ter um basta.