Terça, 18 de fevereiro de 2020, 08h09
A- |  A+

Governo / REFERÊNCIA

Cuiabá é modelo em ações de reinserção dos reeducandos no mercado de trabalho

Tribunal de Justiça e Prefeitura estudam ampliar ações


Cuiabá já se tornou modelo no país  em razão da contratação de reeducando para a prestação de serviços à Prefeitura desde o ano de 2018, atuando nas demandas de zeladoria em todas as regiões da cidade. A iniciativa motivou a visita do desembargador do Tribunal de Justiça, Orlando Perri, na tarde de segunda-feira (17) ao prefeito Emanuel Pinheiro. O trabalho foi firmado por meio de um termo de Cooperação entre o Executivo municipal e a Fundação Nova Chance (Funac).

A partir de então, esses reeducando passaram a fazer parte do quadro de funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos da Capital, sendo eles, do Centro de Ressocialização de Cuiabá, antiga cadeia pública do Carumbé.

Na oportunidade, o desembargador fez um convite ao chefe do Executivo Municipal para ampliar essa rede de atendimento, consequentemente, contribuir ainda mais para reinserção dessa população no convívio social. “Estou pronto para contribuir no que for necessário com o Judiciário nesse trabalho de valorização da pessoa. Quero deixar bem claro que vou deixar à disposição todo meu secretariado para somar com essa importante causa social. Nós, enquanto poder público, estamos fazendo pouco, podemos fazer muito mais. Com essa união de esforços os resultados serão ainda melhores”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

De acordo com levantamento apresentado pelo desembargador, a Capital abriga hoje mais de quatro mil pessoas no sistema penitenciário. “Viemos solicitar essa parceria com o prefeito uma vez que a nossa preocupação é preparar o cidadão para quando ele sair. Por isso a importância desse trabalho integrado com a saúde, educação, serviços urbanos, obras públicas e assistência social. Quando a pessoa se sente valorizada e preparada, o risco dela voltar para criminalidade é bem menor. Devemos contribuir para ajudar, se assim dizer impedir que a situação se repita”, esclareceu o desembargador.

“Podem contar com o total apoio da Prefeitura. Reinserção significa avanço social, humanização, sendo essa a principal marca da gestão Emanuel Pinheiro”, concluiu o prefeito.

Participaram da reunião o juiz  Geraldo Fidelis, vereador Marcos Veloso, secretário de Educação, Alex Vieira Passos, de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa e Obras Públicas, Valderlúcio Rodrigues, além de representantes do Tribunal de Justiça e demais segmentos da sociedade.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá