Sexta, 02 de agosto de 2019, 15h50
A- |  A+

Educação / INOVAÇÃO

SUGESTÃO DE PAUTA - Projeto Biogás chega às escolas de Cuiabá gerando conhecimento e economia

Cinco unidades educacionais da rede publica municipal, urbana e do campo, já implantaram a usina em caráter experimental


Na próxima segunda-feira (05), em dois horários, às 10h e às 16h, alunos, pais e professores da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Madre Marta Cerutti, no bairro Bela Vista, receberão a visita dos técnicos responsáveis pelo projeto Biogás e Eco-Alfabetização, para duas palestras. O objetivo é informar a comunidade escolar sobre a eficácia do projeto, que além da sustentabilidade, vai trazer economia para a escola e para os cofres do município.

Com o tema Eco-Alfabetização na Escola Cuiabana, a palestra vai explicar, de maneira didática e simples, como funciona o sistema. “A palestra será orientativa, sobre como o projeto será realizado, o funcionamento do equipamento, e seus benefícios para escola, para os alunos, para que a comunidade escolar entenda o ganho que isso traz para todos, incluindo o meio ambiente já que serão utilizados restos dos alimentos e comidas, gerados na escola”, explicou Edilaine Cristina da Silva Almeida, Engenheira Agrônoma da Secretaria Municipal de Educação.

Cinco unidades da rede pública municipal de Educação, receberam os equipamentos durante o período de recesso escolar. Além da EMEB Madre Martha Cerutti, o equipamento foi instalado nas EMEBCs Nossa Senhora da Penha de França, Profª. Hilda Caetano de Oliveira Leite, Nova Esperança e Profª. Benedita Xavier Rodrigues.

Nas unidades escolares, o projeto será desenvolvido em duas fases, a funcional e a pedagógica, envolvendo professores e alunos. “Essa tecnologia é israelense. O processo não gera odor (só dentro do equipamento) e não oferece riscos à saúde das crianças. O sistema é inovador e pode ser colocado em ambientes públicos, em qualquer escala, inclusive industrial”, destacou a engenheira que está monitorando o projeto desde a instalação dos equipamentos. 

No ambiente escolar o projeto ganhou o componente pedagógico com a Eco-Alfabetização na Escola Cuiabana, para mudar antigos hábitos, por práticas mais saudáveis.  “Essa tecnologia não produz só o biogás, ela produz também um fertilizante que poderá ser utilizado na escola, em canteiros e hortas, reduzindo o impacto ambiental”, explicou Edilaine Cristina acrescentando que, com essa tecnologia, tudo aquilo que é orgânico e que iria para o lixo, pode ser transformado em energia limpa. 

SISTEMA

O sistema lembra uma composteira tradicional. Além de dejetos orgânicos, como cascas de frutas e legumes, também recebe carnes, laticínios, gorduras, óleos e outros resíduos para produzir biogás. As bactérias presentes no biodigestor decompõem os materiais orgânicos, liberando gás limpo que é utilizado para cozinhar. Fácil de montar, o sistema funciona sem eletricidade, pode ser colocado, por exemplo, no quintal de uma casa. Diariamente produz cerca de 6 kWh (kilowatt-horas) de energia, biogás suficiente para cozinhar por 3 horas.

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, disse que essa é mais uma iniciativa inovadora da gestão Emanuel Pinheiro, dentro da proposta de uma cidade sustentável. “Cinco unidades educacionais receberam o equipamento. Vamos avaliar o desempenho e, a ideia, é estender o projeto para outras escolas da rede. Além de trazer economia, o sistema será um aliado no processo ensino aprendizagem. Mais uma vez, a Educação, na gestão Emanuel Pinheiro, está fazendo a diferença, avançando para oferecer um ensino de qualidade aos 53 mil alunos da rede”, destacou.

SERVIÇO

Lançamento do Projeto Biogás e Eco-Alfabetização

Data: segunda-feira (05)

Hora: 10h e 16h

Local: EMEB Madre Martha Cerutti, Rua Vereador Juliano Costa Marques, s/n, bairro Bela Vista

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Galeria de Fotos:

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá