Quarta, 08 de setembro de 2010, 09h34
A- |  A+

Educação

Escolas municipais levam beleza e técnica ao desfile da Independência


Foto: Jorge Pinho- SME/PMC

Clique para ampliar

Uma das atrações do desfile em comemoração à Independência do Brasil, realizado ontem no final da tarde na Av. Rubens de Mendonça (Av. do CPA), foram as escolas da rede municipal de educação de Cuiabá.
As oito unidades de ensino do município, que participaram da solenidade, mostraram beleza, musicalidade e a técnica das fanfarras aos cerca de 40 mil espectadores do evento.

As bandas e fanfarras são projetos pedagógicos e sociais desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Educação (SME) em nove escolas da rede com o objetivo de despertar o interesse pela arte musical e desenvolver competências e habilidades, como responsabilidade, disciplina e criatividade.

O público ainda se empolgou com a apresentação de rapel dos militares da Força Aérea Brasileira, que desceram de um helicóptero no local do evento trazendo as bandeiras do Brasil, de Mato Grosso e de Cuiabá, entregues às autoridades municipais, estaduais e do exército.

Também participaram da comemoração o Exército, a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, escolas estaduais e privadas, além de diversas entidades civis.

Presente ao evento, o secretário municipal de educação, Permínio Pinto Filho, que no ato representou o prefeito Chico Galindo, afirmou que o 7 de setembro é uma data importante em que os brasileiros celebram com orgulho umas das conquistas históricas da nação. “Além disso, o momento desperta o sentimento de civismo e cidadania, principalmente nas crianças, estimuladas pelas escolas”.

No entanto, segundo o secretário, o momento também estimula algumas reflexões sobre os rumos que a nação tem tomado. “O Brasil precisa se libertar da insegurança que vive nossas famílias e avançar nas questões sociais, econômicas e distribuição melhor de renda. Somente quando tivermos essas conquistas, poderemos dizer que o Brasil é um país livre. Cento e oitenta e oito anos ainda é muito pouco”, analisou.

Essa também é a opinião compartilhada pela professora Cláudia Cristina Bernardes de Paula, 35 anos, moradora do Coxipó. Pela primeira vez no desfile, a mineira que mora na capital há 20 anos, trouxe também o pai e a mãe para prestigiar o evento e afirmou que o Brasil precisa colocar em prática as garantias sociais que existem para que, de fato, seja um país liberto. “Somos livres na medida do possível. Existem muitas garantias garantidas pelas leis, mas poucas efetivamente funcionam”.

 

Mais informações: (65) 3645-6578

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá