A- |  A+

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Senhor Editor do site O Documento, Jornalista Jorge Maciel:

Em nome da verdade, a secretaria de Comunicação da Prefeitura de Cuiabá esclarece que as declarações do prefeito Mauro Mendes durante entrevista na manhã desta quarta (23.07) ao programa Chamada Geral, da Rádio Mega FM, foram retiradas do contexto na reportagem publicada pelo site O Documento, com o claro propósito de causar comoção de fato inexistente.

Em nenhum momento Mauro Mendes “chamou cidadão de vagabundo”, como faz crer chamada da matéria, que a rigor contraria o próprio texto do repórter.

A expressão foi empregada, como exercício retórico, para exemplificar pessoas que, sem qualquer escrúpulo, tentam se apropriar de bens públicos, usando artifícios jurídicos. Significou, portanto, o sentimento de um cidadão de bem que, administrando a cidade, não pode concordar com pretensões descabidas contra o patrimônio de todos os cuiabanos. Mauro Mendes, assim, nunca lançou nenhum tipo de ofensa ou acusação direta a qualquer cidadão.

No contexto também de pretensões completamente descabidas contra o patrimônio público, Mauro Mendes ainda anotou que, em respeito ao Estado Democrático de Direito, não se pode ir para as “vias de fato”, isto é, fazer justiça com as próprias mãos, existindo, para isso, o Poder Judiciário. E é o que a Administração Municipal tem feito para defender o patrimônio público: propondo ações na Justiça!

Em nenhum momento o prefeito afirmou que “sairia no tapa com cidadão”. Novamente, a chamada da reportagem contraria o texto do repórter.

Por essa razão, a Secretaria de Comunicação solicita a este veículo de comunicação que restaure a verdade, em nome da ética jornalística e em respeito aos seus leitores, e recoloque as frases no seu inteiro contexto.

Cuiabá-MT, 23 de julho de 2014.

Atenciosamente,

 

Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Cuiabá

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá