Terça, 07 de abril de 2020, 09h20
A- |  A+

Assistência Social e Desenvolvimento Humano / PINGUE-PONGUE

Secretaria de Assistência Social já entregou mais de 6 mil marmitas à população em situação de vulnerabilidade social

Todas as ações são realizadas mediante o acompanhamento da primeira-dama Márcia Pinheiro


A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, e com apoio irrestrito de primeira dama Márcia Pinheiro, tem trabalhando para garantir o atendimento aos moradores em situação de rua frente a um cenário de combate a disseminação do novo Coronavírus.  Ampliação do número de vagas em abrigos, a garantia da alimentação- com a distruição de mais de seis mil refeições -  para pessoas em situação de vulnerabilidade social, são preocupações diárias da gestão Emanuel Pinheiro. Confira abaixo entrevista com o secretário de Assistência Social, Wilton Coelho, sobre  algumas das ações já executadas. 

 

Como vem sendo executado o projeto da entrega das marmitas?

Resposta - O projeto está sendo executado pela equipe de abordagem da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa Com Deficiência juntamente com o Restaurante Popular para melhor eficácia da ação especial de enfrentamento ao coronavírus. Além do próprio restaurante popular, entregas itinerante.

Além dos moradores em situação de rua, ambulantes também estão solicitando refeições?

Resposta - Todas as pessoas que estão nas ruas de Cuiabá e solicitam a nossa ajuda estão recebendo as refeições diariamente.

Quem está produzindo essas marmitas ?
Resposta - A produção das refeições está sendo feita pela própria equipe do Restaurante População, sem nenhum custo adicional para a Prefeitura de Cuiabá, cumprindo uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro.

Quantas pessoas estão envolvidas nesse trabalho?
Resposta - Cerca de 20 servidores, entre a equipe da Secretaria e Restaurante Popular.

Quais os locais que estão sendo entregues? Quantas até o momento?

Rsposta - Estão sendo entregues além do restaurante popular, nos pontos de maior aglomeração desses moradores, como a região do Porto, Rodoviária e Aterro Sanitário. Até o momento já foram entregues mais de 6 mil refeições, sendo distribuídas 450 marmitas por dia. Essa ação  prossegue até o dia 10 de maio conforme estabelecido no novo decreto sancionado pelo prefeito Emanuel Pinheiro no último sábado, 04 de abril.

Além das refeições o que mais está sendo feito, quais orientações?
Resposta - Além das refeições estão sendo entregues kits de higienização pessoal, águas, álcool gel, cobertores e orientações sobre as formas de prevenção ao covid-19.

Como está a aceitação das pessoas em relação a essa ajuda ?
Resposta - O resultado alcançado até o momento é positivo. A população tem agradecido por todo esse cuidado prestado pela Prefeitura de Cuiabá a população carente. A equipe está satisfeita e empenhada por estar fazer parte desse momento delicado vivenciado pelo mundo inteiro.

No que diz respeito aos albergues, o que vem sendo feito?
Resposta - Orientações aos albergados sobre as formas de higienização, entregues álcool gel para uso coletivo e individual, além da importância do distanciamento entre as pessoas para evitar o contágio.

Qual a capacidade de abrigamento? Estamos com quantos abrigados?  Foi feito algum diferenciado para aumentar a capacidade dos albergues?*
Resposta - Foram  adquiridos 300 colchões para atender a capacidade de abrigamento nas três unidades municipais, sendo Albergue Manoel  Miráglia, da Guia e do Porto. A capacidade total é de colher 150 pessoas nas três unidades, cada um com capacidade total de 50 vagas. Hoje,  a rede está com 110 abergados, com isso a Prefeitura ainda tem vagas disponíveis para esses moradores em situação de rua. A aquisição dos colchões serve  para atender possíveis novos locais de acolhimento desse público.

Qual a rotina nessas unidades?
Resposta - A orientação é que permaneçam nas unidades. Só estão saindo das unidades aqueles que estão trabalhando. Para maior interação com esses albergados, palestras informativas estão sendo ministradas e principalmente a preocupação qie cada um deve ter.

E com relação aos Cras, a equipe foi capacidade para esse momento de enfrentamento ao coronavírus? Aumentou a procura nessas unidades ?
Resposta - Foi feita uma reunião geral com todos os coordenadores para que eles fossem os multiplicadores das informações. A demanda aumentou por conta da necessidade que as pessoas tem em receber a visita do assistente social como também sobre o auxílio financeiro de 600 por conta do coronavírus.

Além disso, algo novo para o cumprimento desse novo decreto sancionado no último sábado, 04 de abril?

Resposta - A Secretaria de Assistência Social vai continuar funcionando, com as unidades abertas como os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Casa de Amparo, Albergues. Apenas os Centros de Convivência de idosos (CCI’s) estão com as atividades suspensas, porém cada coordenador está mantendo contato com os assistidos. O Centro Dia, que atende crianças com microcefalia, também estão com as atividades em grupo suspensas, apenas atendimentos individuais agendados, em casos de solicitação das famílias.

Qual a avaliação geral do senhor e uma mensagem para a população nesse momento de angustia de muita preocupação?
Resposta - A nossa mensagem é que todos tomem os devidos cuidados pessoais, que possam ficar ao máximo em suas casas para que possamos enfrentar esse momento de luta e de muito cuidado com a saúde e a vida da nossa população e de todos nós. Vamos pedir a Deus para que possamos voltar a nossa rotina. Fica a minha mensagem a toda sociedade cuiabana.

 

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá