Quinta, 25 de junho de 2020, 08h30
A- |  A+

Assistência Social e Desenvolvimento Humano / CAUSAS SOCIAIS

Primeira-dama e equipe do núcleo desenvolvem série de ações relevantes em meio à pandemia

Cuidados para saúde e atendimento à população em situação de vulnerabilidade social são preocupações


Vicente Aquino

Clique para ampliar

Primeira-dama têm sido bastante atuante nessa época crise de pandemia global

Desde o início da pandemia do novo coronavírus o Núcleo de Apoio à Primeira-dama, liderado pela primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, tem promovido uma série de ações e projetos direcionado ao bem estar social das pessoas nessa crise de saúde pública. As ações são planejadas e sugeridas pelo núcleo, em caráter colaborativo, à Prefeitura de Cuiabá têm a responsabilidade de executar os programas.

Entre as primeiras ações realizadas, ainda no começo da pandemia, no início de abril, a primeira-dama idealizou a utilização do ateliê do Programa Siminina para a confecção de máscara de proteção contra contaminação do COVID-19. O projeto teve o andamento durante a falta do item no mercado sendo encontrado, na época, com preços acima do normal dificultando o acesso pelas pessoas em vulnerabilidade social.

Cerca de pouco mais de 3.3 mil máscaras foram produzidas pelas costureiras do programa e ateliês voluntários que se prontificaram a contribuir com a ação disponibilizando a mão de obra para produção do item de higiene sanitário, hoje obrigatório em locais público conforme previsto no decreto municipal.

“Agradecemos todas as pessoas que contribuíram com a doação dos materiais feito por pessoas e empresário e ainda mais pelas nossas costureiras e voluntárias que fizeram desta ação um sucesso”, mencionou a primeira-dama.  

O projeto ainda teve a sua 2ª fase que permitia a troca de alimentos por kits composto por três máscaras de proteção, além do porta-máscara. Todas as mais de 3 mil máscara resultaram no total de 1 mil kg de alimentos que serão destinados às mães, pais e familiares responsáveis pelas mais de 1.200 simininas ativas na rede de assistência social.

Fundo Social Solidário

As entregas de alimentos também teve como papel central a primeira-dama, devido aos inúmeros pedidos feitos ao núcleo quê coordenou o direcionamento de cestas básicas a determinados grupos e pessoas em vulnerabilidade social. Foram, até o momento, mais de 5 mil kg de alimentos direcionados via Fundo Solidário Social, mecanismo criado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, em junho de 2019, para financiar programas e atividades inerentes de grande relevância social, principalmente em época emergenciais e de crise.  

Entre os beneficiários estão os 769 feirantes, 39 carroceiros e 155 permissionários do shopping Orla, ambos cadastrados pela prefeitura, além de diversas instituições como a Associação Espírita Wantuil de Freitas, Cley Roberto Fernandes da Silva.

“Sem palavras para expressar esse auxílio do Fundo Social e da Prefeitura de Cuiabá, que sem dúvida nenhuma irá fazer a diferença na vida dessas famílias que tanto precisam de ajuda”, declarou o vice-presidente da associação, Cley Roberto Fernandes da Silva.

Hotel Albergue

Os mais relevantes trabalhos nesse período crítico de crise sanitária ganharam repercussão de nível nacional e internacional pela abrangência psicossocial dos programas em questão. O primeiro a ser lançado foi o Hotel Albergue, qual levou a preocupação da primeira-dama para com os moradores em situação de rua e suas condições de vida que os colocam em grupo de risco no contágio do novo coronavírus.

Desta forma foi pensado no Termo de Convênio com o Hotel Mato Grosso onde seriam disponibilizado a estrutura física do hotel para abrigar 120 moradores em situação de rua, ampliando a capacidade municipal de atendimento para 270 albergados somados juntos com os três albergues municipais.

Atualmente, são 89 pessoas acolhidas no Hotel Albergue as quais passam por todo um trabalho de cuidados acerca da higiene pessoal e isolamento social com vista na segurança contra o contágio do novo coronavírus. Além disso, são oferecidos atendimentos individuais como encaminhamento de volta ao lar, emissão de documentos, acolhimento com quartos adequados, quatro refeições diárias e momentos solidários como corte de cabelos e outros.

Segundo a primeira-dama Márcia Pinheiro, a ação de oferecer quartos de hotéis são práticas realizadas em países de primeiro mundo como Reino Unido e Estados Unidos, conforme consta na entrevista cedida ao portal UOL. A reportagem feita pela correspondente de Nova York mostra que ações semelhantes são realizadas em Chicago e Londres para promover o bem estar social e segurança sanitária de moradores em situação de rua.

“Nosso trabalho é contínuo, a equipe de abordagem social está todos os dias na rua oferecendo a oportunidade para essas pessoas saírem dessas condições. Agora intensificamos mais e ampliamos a capacidade, em decorrência da pandemia, porque não podemos deixá-los sem amparo e vulneráveis ao contágio”, frisou a primeira-dama.

Cuidando de Quem Cuida da Gente

O mais relevante trabalho da primeira-dama, neste pouco mais de três meses de pandemia, está relacionada à saúde mental dos profissionais de saúde e assistência social da prefeitura. Sua idealização levou a criação de uma plataforma Cuidando de Quem Cuida da Gente, totalmente digital, inserida no site da Prefeitura de Cuiabá, onde consta 4.800 sessões de vídeo terapia e acolhimento psicoterápico individual, além de disponibilizar para cada um dos 7.200 servidores da linha de frente no combate do novo coronavírus 12  sessões  de atendimento especializado com duração de 50 minutos cada.

O balanço do primeiro mês do programa apontou mais de 2.5 mil servidores atendidos, além de em torno de 300 atendimentos diretos individuais, os quais representam a segunda etapa do programa, após necessidade constatadas na primeira fase, equivalente a plataforma online. O levantamento ainda apontou o grande número de servidores com a saúde mental bastante debilitada sendo necessário o encaminhamento direto para a fase dois.

“Encontramos pessoas com o nível de estresse e de ansiedade muito alto. Pessoas angustiadas, com o nível de medo super alto e isso tem impactado de uma maneira ampla, em todas as áreas da vida deles, não só na profissional, mas na familiar, no relacionamento.”, avaliou o responsável técnico pelo programa, psiquiatra, Dr. André Dualibi.

Ele ainda aponta que muito desses profissionais já apresentam Transtorno de Estresse Agudo (TEA) e a atuação diante desse panorama é prestar atendimento para não desencadear o Transtorno de Estresse Pós-Traumático, que tem maior gravidade e comprometimento em todas as áreas da vida da pessoa.

Para a primeira-dama Márcia Pinheiro a construção desse programa foi necessária devido a toda carga de trabalho e emocional que os profissionais atuantes no combate à pandemia enfrentam. Além disso, a idealização do projeto está em conformidade com o alerta emitido pela Organização Mundial da Saúde acerca do surto de saúde mental que pode desencadear nesse momento de crise.

O projeto é pioneiro no Brasil e possui características semelhantes a plataforma britânica Every Mind Matters, na tradução livre Toda Mente Importa, qual é destinado à população do Reino Unido, de uma forma geral, e que está sendo direcionado, especificamente, aos profissionais de saúde da linha de frente da pandemia.

“Quando ficamos sabendo da existência desta plataforma quase que idêntica à nossa ficamos muito entusiasmado porque mostra a credibilidade de um trabalho que tem toda à importância, afinal precisamos nos preocupar de quem está na luta para salvar as nossas vidas. Todo profissional de saúde, seja médico, enfermeiro e equipe de apoio está amparada nesse trabalho extremamente técnico e com a finalidade totalmente humanizada com a preocupação da gestão aos servidores”, disse Márcia Pinheiro.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá