Segunda, 26 de novembro de 2018, 09h00
A- |  A+

Assistência Social e Desenvolvimento Humano / CASOS DE FEMINICÍDIO

Palestra no CRAS Getúlio Vargas estimula reflexão sobre violência contra a mulher

Mais de 100 mulheres participam de palestra promovida pelo CRAS Getúlio Vargas nesta sexta-feira (23)


O número de casos de violência contra a mulher tem aumentando de forma assustadora. Quase dez mil mulheres foram vítimas de feminicídio ou tentativas de homicídio por motivos de gênero nos últimos nove anos, segundo o levantamento da Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180. Estudos apontam que a subnotificação mascara a verdadeira e triste realidade e que esses números poderiam ser bem maiores.

Diante desse quadro, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Getúlio Vargas promoveu um dia de ação voltada para esse tema, tendo como público-alvo as mulheres atendidas na Unidade para estimular a reflexão sobre essa realidade na sociedade brasileira. Mais de 100 mulheres participaram da palestra promovidas na última sexta-feira (23), na sede do CRAS onde tiveram a oportunidade de obter informações e registros de casos com o investigador de polícia, Itamar Torres. Na oportunidade ele apresentou números de ocorrência e deu algumas sugestões por meio de exemplos de fatos ocorridos e de que forma a mulher pode buscar ajuda e fazer sua denúncia.

A coordenadora do CRAS Getúlio Vargas, Carla Costa Braga disse que o principal objetivo dessa ação é a prevenção. “Quanto mais levarmos informações e orientações a essas mulheres, maiores são as chances de evitarmos o surgimento de novos casos de violência contra a mulher, o que torna o nosso trabalho ainda mais desafiador, mas com fundamental importância”, declarou a coordenadora.

“Buscamos uma linguagem de fácil entendimento e até mesmo a duração das palestras adequadas para atender melhor ao público feminino. É nessa perspectiva da conscientização, que executamos nosso trabalho a fim de quebrar paradigmas e concepções de que o homem seja superior à mulher”, reforçou Carla.

Além da palestra, em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e o Sistema Nacional de Emprego (SINE) foi oferecido serviço de confecção de segunda via de documentos. Além de um delicioso café da manhã e bazar.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá