Terça, 16 de julho de 2019, 08h10
A- |  A+

Assistência Social e Desenvolvimento Humano / QUALIFICAÇÃO

Cursos do Qualifica 300 elevam autoestima e ajudam na recuperação de doenças

2ª Edição do Programa Qualifica 300 foi lançada na semana passada com 3 mil vagas


Vicente Aquino Cruz

Clique para ampliar

Os cursos ofertados pelo Programa Qualifica 300, nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), que visam oferecer capacitação profissional às mulheres de baixa renda na Capital, estão contribuindo na recuperação de doenças e devolvendo a autoestima das participantes.

Maria Aureni é uma das alunas do curso de salgados que está sendo ministrado por instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Para ela, o curso que está sendo oferecido de forma gratuita pela Prefeitura de Cuiabá, foi “uma coisa que caiu do céu”. “Estava passando por um momento difícil na vida, pois fui vítima de violência doméstica. Por conta disso, estava em depressão e não tinha mais ânimo pra nada. Agora não, tudo é diferente. Já estou trabalhando, recebendo muitas encomendas e já obtendo meu próprio lucro. Só tenho a agradecer. O meu muito obrigado. Hoje sou uma nova mulher”, declarou.  

Dinaí Souza, 65 anos, natural do Belém do Pará, mudou para Cuiabá com o objetivo de tratar de um câncer no baço. Hoje, está na fase da recuperação, pois já alcançou a cura. “Esse curso tem me ajudado muito a enfrentar o tratamento e me recuperar cada vez mais. Antes desse curso, queria ir embora e abandonar o cuidado com a saúde. Agora não saio mais daqui, estou muito feliz por tudo que aprendi e já estou colocando em prática. Voltei a ter vontade de viver”, comentou.

Euvilany Melgueiro da Silva chegou de Manaus e também participou do curso de qualificação de salgados. Ela contou que está em Cuiabá há pouco mais de um ano e já estava preocupada por não conseguir uma oportunidade de trabalho. “No começo achei que não ia conseguir. Mas, graças a Deus cheguei até o fim e muitas portas já se abriram. Já estou conseguindo tirar uma média de R$ 600,00 por semana com pedidos e encomendas de empadas e salgados. Que Deus abençoe a vida da primeira-dama Márcia Pinheiro e do prefeito Emanuel Pinheiro”, reforçou.

Para a coordenadora do Cras Jardim Araçá, Maria Aparecida Martins, a qualificação profissional é essencial. “Por conta da renda per capita dessas mulheres atendidas no Cras, não teriam condições de custear esses cursos profissionalizantes por falta de condições finaceiras. Essa oportunidade veio a calhar, pois estão possibilitando a essas mulheres aprenderem uma nova profissão”, declarou.

Na oportunidade, Maria Aparecida informou que uma nova turma será aberta para o curso de depilação, onde já foram ofertados cursos de salgados e designer de sobrancelha, com as atividades encerradas.  Em andamento está o curso de manicure. “Toda essa variedade de cursos e benefícios é muito gratificante a toda nossa comunidade que vem em busca de novas oportunidades. Estamos muito satisfeitos com os resultados que estão sendo atingidos”, comentou.

O curso faz parte do Programa Qualifica 300 - Edição Mulher, idealizado pela primeira-dama Márcia Pinheiro e coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

2ª EDIÇÃO - Para dar continuidade aos cursos profissionalizantes oferecidos às mulheres de baixa renda do Município, a 2ª Edição do Programa Qualifica 300 foi lançada na semana passada.

O número de vagas em relação ao ano passado mais que dobrou, subindo de 1,2 mil para 3 mil vagas destinadas a pessoas em vulnerabilidade social.

Outra inovação está na inclusão da população imigrante (venezuelanos, haitianos, entre outros) e da população em situação de rua no grupo prioritário. Os critérios para o acesso ao ensino é possuir registro no Cadastro Único, porta de entrada para os programas sociais, e ter o Número de Inscrição Social (NIS).

Na unidade do Cras Jardim Araçá já estão abertas as inscrições para o curso de Recursos Humanos.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá