Sexta, 20 de março de 2020, 14h05
A- |  A+

Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico / NOVAS MEDIDAS

Para prevenção ao Coronavírus, Prefeitura suspende a realização de feiras livres

Existem em Cuiabá 52 feiras livres com 1.070 feirantes cadastrados


Em virtude da publicação do Decreto Municipal de nº 7.839/2020, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro no início da semana, a Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico informa que, todas as feiras livres que estavam previstas, deverão ser canceladas. Todo e qualquer evento público está suspenso a partir desta segunda-feira (23) até o dia 05 de abril, podendo ser prorrogado caso haja necessidade. Essa medida prevista em decreto é de responsabilidade dos organizadores, cabendo a Secretaria fiscalizar o atendimento e se está sendo cumprida a determinação.

Existem em Cuiabá 52 feiras livres, espalhadas por todos os bairros, com 1.070 feirantes cadastrados, responsáveis por mais de 1.450 barracas, distribuídas pelos seis dias da semana, sempre de terça a domingo. As feiras mantém sempre o mesmo formato, embora algumas tenham se ressentido da concorrência dos supermercados e dos varejões. Sobrevivem à modernização dos tempos e vêm mantendo a atratividade do que frequentam semanalmente esses mercados de céu aberto e se abastecem dos produtos lá comercializados.

“Nesse momento que estamos vivendo da pandemia do coronavírus todo cuidado é pouco. A única alternativa é a prevenção, cabe cada um fazer a sua parte e a nós que estamos a frente da pasta, contribuir na fiscalização”, disse  a secretária municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques.

É de responsabilidade da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico criar, localizar, dimensionar, remanejar, suspender ou mesmo extinguir as feiras de Cuiabá, bem como alterar dias e horários de funcionamento, quantificar e qualificar os tipos de produtos que serão comercializados, atendendo sempre o interesse do público respeitando as exigências sanitárias, viárias e urbanistas.   

“Nunca a cidade precisou tanto de nós todos juntos como agora. Para superarmos isso, é necessário que cada um chame um pouco da responsabilidade para si. Como prefeito, farei o que for possível para resolver e causar o menor impacto. Fico extremamente satisfeito em ver o engajamento, a preocupação e a conscientização desse setor que é tão importante para o desenvolvimento da cidade”, finalizou o prefeito Emanuel Pinheiro.

 

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá