A- |  A+

Prefeito

Emanuel Pinheiro

Cuiabano, Emanuel Pinheiro nasce em 12 de abril de 1965 e aos 18 anos ingressou na Faculdade de Direito do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), formando-se em 1988.    

Filho do ex-deputado federal Emanuel Pinheiro da Silva Primo, Emanuel iniciou sua carreira política muito jovem. Com apenas 18 anos, foi convidado pelo então deputado federal Jonas Pinheiro para o desafio de trabalhar em seu gabinete, em Brasília. Aos 21 anos, em 1986, foi coordenador da campanha de reeleição de Jonas, e aos 23 anos, em 1988, recém-formado em Direito, foi eleito o vereador mais jovem da história de Cuiabá, sendo reeleito para o segundo mandato em 1992.

Em sua passagem pela Casa de Leis Municipal, dentre suas várias atuações, destaca-se a aprovação do Projeto de Lei voltado ao planejamento familiar em Cuiabá. O tema ganhou repercussão nacional e foi aprovado pelo prefeito da época, Dante de Oliveira.

Após os serviços prestados ao município, então, em 1995, o gestor começou sua caminhada no Poder Legislativo Estadual, e aos 29 anos é eleito para o cargo de deputado estadual, recebendo mais de 9 mil votos, e reeleito em 1998 com 14 mil votos, quando também foi escolhido para ocupar a Presidência da Comissão Permanente do Poder Legislativo de Mato Grosso.

Sempre carregando a bandeira da humanização, umas de suas primeiras ações como deputado estadual foi o Projeto de Lei de incentivo fiscal às empresas que contratassem pessoas com mais de 40 anos de idade. Também foi idealizador da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da antiga Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (Sanemat), que à época estava passando por um processo de municipalização. Outra ação histórica de Emanuel foi a criação da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte. À frente dos trabalhos, buscou estreitar os laços das entidades representativas, fortalecendo as políticas em defesa do consumidor.

Com uma boa circulação no meio das lideranças políticas de Mato Grosso, em 2004 Emanuel foi eleito presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Cuiabá. E em 2005, assume o comando da antiga Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos, (SMTU) da Capital, hoje Mobilidade Urbana.  Como secretário, o gestor esteve à frente da ação de desativação do Terminal de Integração da Praça Bispo Dom José e a implantação da bilhetagem eletrônica (cartão transporte).

Seguindo com sua caminhada, já em 2006, participa da fundação do Partido Republicano (PR) e no ano de 2008, coordena a campanha eleitoral da reeleição ao Governo/MT de Blairo Maggi e a de Wellington Fagundes a deputado federal, ambos pelo PR. Com bom desempenho, é conduzido a secretário–geral do novo partido, consolidando a formação política do grupo no estado.

Após este período, o líder político volta à Assembleia Legislativa. Em 2010 é eleito novamente ao cargo de deputado estadual, com 20 mil votos, e reeleito em 2014 para o seu quarto mandato no Legislativo Estadual.

Pinheiro, como deputado estadual, atuou em projetos na área de segurança pública, onde a luta por conseguir a repatriação de carros brasileiros da Bolívia, chegou ao congresso Nacional. Em audiência, ele defendeu que a Lei boliviana estava patrocinando a violência, o narcotráfico e prejuízo à vida dos mato-grossenses. Emanuel se posicionou, principalmente, porque a maioria dos automóveis roubados no Brasil é proveniente de Mato Grosso devido à extensa faixa de fronteira com a Bolívia.

Como presidente da Comissão de Direitos Humanos, Emanuel direcionou esforços no sentido de a entidade atuar como porta-voz da sociedade. Já na área da educação, o parlamentar esteve na defesa do fortalecimento da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Uma de suas ações nesse sentido foi a contribuição para aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que elevou o orçamento da UNEMAT para 2% da receita corrente líquida.

Sempre lutando pela valorização da cultura mato-grossense, Emanuel instituiu, por meio da Lei 9.918/2013, a Festa do Senhor Divino Espírito Santo, oficializando-a no calendário do estado.

Com serviços prestados ao cidadão, em 2016 a caminhada do líder político chega ao pleito à Prefeitura de Cuiabá. E com mais de 60% dos votos, Pinheiro foi eleito, no segundo turno, a prefeito da Capital mato-grossense.

Em toda sua vida como gestor público, Emanuel Pinheiro, junto com sua família, a esposa Márcia Pinheiro e os dois filhos, Emanuel Pinheiro da Silva Primo (atualmente eleito a Deputado Federal) e Elvis Kuhn Pinheiro, esteve à frente de vários trabalhos, buscando equalizar e dignificar os serviços à população de maneira que eles cheguem aos lares com a máxima qualidade. Diante disso, o atual chefe do Executivo vem construindo uma gestão participativa, que traz o diálogo como base para a construção da Cuiabá 300 anos.

Enviar Matéria Imprimir Voltar

Confira também nesta seção:

02.01.17 08h04 »  Emanuel Pinheiro
18.02.14 11h23 »  Mauro Mendes Ferreira

Praça Alencastro, nº 158 - Centro

CEP: 78005-906

Telefone:(65) 3645-6263/6039 (Recepção)

© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura de Cuiabá